Confirmado: há dois novos iPhone 6. Pode encomendar a partir de sexta

<div>A Apple acaba de apresentar os dois novos iPhones 6, num dos eventos tecnológicos mais aguardados do ano: iPhone 6 e iPhone 6 Plus. O iPhone 6 tem 4,7 polegadas, tal como esperado, e o iPhone 6 Plus tem 5,5 polegadas.</div>

20:00 – Tim Cook despede-se e o evento termina.

19:52 – Os U2 estrearam o primeiro single do próximo álbum, “Songs of Innocence”, em palco. E está disponível a partir deste momento gratuitamente para os utilizadores do iTunes. Será um exclusivo iTunes até 13 de outubro, e todas as pessoas que criarem uma conta até lá terão o álbum gratuitamente. “É o maior lançamento de sempre de um álbum na história da música.”

19:44 – Cook fala do “amor da Apple pela música.” O CEO refere que a empresa celebra este amor com o iTunes Festival, que decorre neste momento em Londres, tal como em anos anteriores. “Construímos uma relação profunda com a indústria da música e os artistas.” A Apple tem uma relação muito próxima com os U”, adianta Cook. A banda vai tocar no encerramento do evento em Cupertino.

19:41 – O Watch será compatível com todos os iPhones a partir do 5. Será compatível também com o Apple Pay.

19:40 – São três versões do Apple Watch, a standard, a Sports e a Edition. O preço é de 349 dólares e estará disponível no início de 2015. “As pessoas vão adorar usar o Apple Watch. É algo funcional e incrivelmente bonito. Estamos tão excitados com o Apple Watch… e esperamos que vocês estejam também.”

19:32 – Tim Cook está de volta para falar de saúde e fitness. “É uma área muito importante para mim e para a Apple.” Há duas aplicações, uma monitoriza todo o exercício diário, a segunda permite estabelecer objetivos específicos.

19:27 – Quando o utilizador estiver a usar o Apple Maps, o relógio vai vibrar no pulso quando for altura de virar à direita ou à esquerda. A vibração será diferente, o que fará com que o utilizador nem tenha de olhar para o ecrã.

19:16 – Cook está de volta e diz que a Apple trabalhou no relógio “durante muito tempo”, tendo montado uma equipa multi-disciplinar para o efeito. Kevin Lynch sobe ao palco para fazer a primeira demonstração do relógio.

19:06 – Passa o tradicional vídeo de Jony Ive, o presidente de design da Apple. O relógio deteta que a pessoa está a levantar o pulso e liga automaticamente o ecrã. A Apple desenvolveu um interface completamente novo para o relógio, manipulado com a roda a que chama Digital Crown (que também funciona como o botão Home).

19:04 – O Apple Watch tem uma roda lateral que permite navegar sem bloquear o ecrã. Faz lembrar a antiga roda que tornou a interface dos BlackBerries tão distinta e desapareceu com os ecrãs táteis.

19:03 – “Não pegámos na interface de utilizador do iPhone para encolher e espetar com ela no vosso pulso”, revela Cook.

19:00 – Tim Cook apresenta o Apple Watch, o “gadget mais personalizado que alguma vez fizemos.” Tem ecrã de cristal de safira e funciona como relógio e pulseira de desporto. “Pensámos muito no Apple Watch e daí saíram inovações fantásticas”, diz Cook.

18:56 – “Apple Pay vai mudar para sempre a forma como fazemos compras”, diz Cook, de volta ao palco. “Mas ainda não terminámos. Temos mais uma coisa” – One more thing, a frase que Steve Jobs costumava usar.

18:52 – O Pay vai começar nos Estados Unidos em outubro com MasterCard, Visa e American Express, e estará disponível já em dezenas de cadeias, como McDonald’s, Sephora ou Whole Foods. Online, as apps de cadeias como a Target ou sites como Groupon estarão integradas na solução e permitirão fazer compras sem qualquer número de cartão de crédito. Com a OpenTable, a conta no restaurante também poderá ser paga com o Pay.

18:50 – “A segurança está no centro para a Apple, mas também a privacidade. Não estamos no negócio de recolher dados sobre as pessoas.” Cue avança que o retalhista não tem acesso a qualquer dado do comprador, ao contrário do que acontece com o cartão de crédito.

18:49 – Eddy Cue, vice-presidente de serviços de internet, explica o processo. O Apple Pay baseia-se na tecnologia sem fios de curto alcance NFC e em Touch ID, permitindo apenas o pagamento com a impressão digital do dono do telefone.

18:47 – “Adoramos este tipo de problema. Isto é o que a Apple faz melhor. Por isso criámos um processo de pagamento inteiramente novo. Chamamos-lhe Apple Pay”, diz Cook.

18:43 – Tim Cook está de volta e diz que a Apple quer substituir a carteira. Vem aí um novo serviço de pagamentos móveis da empresa.

18:41- Preços: começam nos 199 dólares e vão até aos 499 dólares, mas esta é uma referência apenas para os Estados Unidos e com dois anos de contrato. Há agora uma versão de 128 gigas, pelo mesmo preço do anterior topo de gama de 64 gigas (399 dólares para o 6 e 499 dólares para o 6 Plus).

18:39 – Os iPhones 6 vêm em dourado, prateado e preto (“space grey”).

18:37 – Schiller fala do iOS 8, que introduz novas funcionalidades nas mensagens, nos teclados, aplicações de saúde e, a “mais inovadora”, a Touch ID, que permite desbloquear o telefone, fazer pagamentos e agora também interagir com aplicações de terceiros. “Estes são os melhores telemóveis alguma vez feitos”, diz o vice-presidente mundial.

18:34 – Schiller diz que o iPhone se tornou na câmara de vídeo mais popular do mundo, e os novos modelos conseguem fazer vídeos em câmara lenta até 240 frames por segundo (era 120 fps no 5S).

18:30 – A câmara iSight tem 8 megapixéis, tal como o 5S, mas o sensor é novo.

18:27 – A Apple está a trabalhar com algumas operadoras na nova tecnologia VoLTE, Voice over LTE, para já nos Estados Unidos e Reino Unido.

18:20: Schiller apresenta novos jogos e revela que as aplicações irão adaptar-se sem problemas aos diferentes tamanhos. Seguem-se demonstrações.

18:17: Ambos têm o novo processador A8 e o processador de movimento M8. A performance gráfica é 84 vezes melhor.

18:12 – Os iPhones são os “mais finos de sempre”, diz Phil Schiller. São 6,9 milímetros no 6 e 7,1 mm no 6 Plus. Em comparação, o 5S tem 7,6 milímetros.

18:10 – Phil Schiller, vice-presidente mundial de marketing, apresenta os dois modelos em palco.

18:00 – Tim Cook entra em palco e em vez dos updates habituais, vai direto ao assunto. Diz que há “demasiadas coisas” para falar no evento de hoje.

17:45 – A loja da Apple está em baixo há várias horas e na cidade que acolhe a sede da Apple, em Cupertino, o Flint Performing Arts Center está a encher-se. Ouve-se Foster the People e Haim enquanto o palco continua vazio e apenas mostra um logótipo gigante da Apple.

A tecnológica prepara-se para a sua apresentação mais importante do ano e uma das mais aguardadas na indústria tecnológica. O iPhone 6 é a estrela do evento, esperando-se o lançamento de dois modelos, ambos maiores que os iPhones 5S e 5C.

Além de novidades na área dos pagamentos móveis, também se prevê a apresentação do primeiro smartwatch da marca. O evento começa dentro de minutos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Foto - Leonardo Negrao

Deco: seguros de saúde não cobrem coronavírus, seguros de vida sim

Foto: D.R.

Easyjet. Ligações de Portugal com Itália não serão afetadas, por enquanto

Confirmado: há dois novos iPhone 6. Pode encomendar a partir de sexta