tarifa

Encargos com água, saneamento e lixo subiram 3,3% em 2013

Os custos dos serviços de abastecimento de água, saneamento e tratamento de lixo aumentaram 3,3% no ano passado, atingindo um encargo médio para as famílias de 21,39 euros, segundo a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR).

Os encargos mensais com os três serviços, tendo em conta um consumo de 10 metros cúbicos, variaram entre um máximo de 40,71 euros e um mínimo de 1,5 euros: no caso do abastecimento de água, a variação situou-se entre 20,38 e 1,5 euros, no saneamento entre 21,04 e zero euros e no tratamento de resíduos entre 13,12 e zero euros.

O custo dos serviços de saneamento foi o que mais aumentou, atingindo um encargo médio de 6,74 euros, mais 5,48% do que em 2012, enquanto a fatura da gestão de resíduos se fixou, em média, nos 4,18 euros, mais 4,24% do que ano anterior.

Os encargos com o abastecimento de água tiveram um acréscimo de 1,75%, o que significa uma conta mensal de 10,47 euros.

Na análise aos tarifários aplicados em 2013 em 278 concelhos, a ERSAR concluiu que se mantém uma “injustificada disparidade” das tarifas aplicadas aos utilizadores, apesar de a diferença ter sido reduzida (1 para 14 face à relação de 1 para 22 que se verificava em 2009).

A ERSAR salienta que subsistem “situações em que a estrutura dos tarifários aplicados ainda não é eficiente, nomeadamente quando não é faturado qualquer valor pelo serviço prestado”.

O tratamento de esgotos, por exemplo, não é cobrado em onze concelhos, e a gestão de resíduos noutros onze.

Cinco municípios não cobram nenhum destes dois serviços.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lisboa casas turismo salarios portugal

Turismo em crise já pensa no day after

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Governo estima que mais de um terço dos empregados fique em lay-off

Mário Centeno, Ministro das Finanças.
Fotografia: Francois Lenoir/Reuters

Folga rara. Custo médio do petróleo está 10% abaixo do previsto no Orçamento

Encargos com água, saneamento e lixo subiram 3,3% em 2013