música

Estes são os artistas de hip hop mais ricos do mundo

O hip hop tem uma força tremenda nos Estados Unidos, mas os nomes mais conceituados deste género musical são estrelas mundiais. E tal como noutros anos, o artista mais bem pago é Diddy, anteriormente conhecido como Puff Daddy.

A nova lista da revista Forbes, que revela quem foram os artistas de hip hop mais bem pagos dos últimos doze meses, indica que Diddy somou nada menos que 50 milhões de dólares (37 milhões de euros). O artista, cujo nome real é Sean Combs, lucrou pela diversidade dos seus investimentos: tem a editora Bad Boy, a linha de roupa Sean John e a agência Blue Flame. Mas, diz a Forbes, foi o contrato com a marca de vodka Ciroc que lhe permitiu arrecadar tanto.

Em segundo lugar aparece Jay Z, que deixou cair o hífen no nome (anteriormente era Jay-Z). O marido de Beyoncé ganhou 43 milhões de dólares (32 milhões de euros), capitalizando nos concertos, marca de champanhe Armand de Brignac, conhque D”Ussé cognac, editora Roc
Nation e vários outros investimentos. O seu novo álbum já era platina antes de ir para as lojas, graças a um acordo com a Samsung.

Madonna é a celebridade mais bem paga do mundo

A fechar o pódio está Dr. Dre, que no ano passado liderou a lista. Este ano ainda capitaliza na linha de headphones Beats by Dr. Dre, mas ganhou menos – 40 milhões de dólares (29,6 milhões de euros), estando agora a expandir a empresa para o segmento do streaming de música.

Em quarto aparece a primeira e única mulher da llista: Nicki Minaj, a loira bombástica que varreu o mundo do hip hop nos últimos dois anos e assegurou 29 milhões de dólares (21,4 milhões de euros). A tour bem sucedida, as vendas de música razoáveis, o seu papel no programa American Idol e contratos de publicidade, como o da Pepsi, garantiram-lhe um lugar cimeiro.

Os restantes membros do top 10 são os seguintes:

5. Birdman

6. Kanye West

7. Lil Wayne

8. Wiz Khalifa

9. Ludacris

10. Pitbull

Clique aqui para ver a lista completa

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
Estes são os artistas de hip hop mais ricos do mundo