Mark Zuckerberg

Facebook: Não Gosto pode estar para breve

Mark Zuckerberg admitiu finalmente estar a "considerar" um botão de "não gosto" na sessão de Perguntas & Respostas realizada ontem na sede da empresa na California. A empresa está a pensar na melhor forma de abordar a questão, para tornar o opção numa força "positiva" e não "negativa e diminuidora".

Qualquer pessoa poderia participar na sessão de esclarecimentos e colocar perguntas pessoalmente ou via e-mail.

Uma das perguntas mais pertinentes veio de Islamabad: “o Facebook tem sido cada vez mais associado a perda de tempo, falta de produtividade, etc. Como acha que o Facebook se pode tornar num meio mais produtivo e poderoso?”.

Zuckerberg respondeu que “a missão do Facebook é criar relações, quer sejam amistosas, românticas ou profissionais” e que isso “não é uma perda de tempo”.

Qustionado também sobre a interação entre crianças e a rede social, Zuckerberg disse tranquilamente que “as crianças são muito mais capazes do que pensamos” e que deixaria o seu filho ou filha utilizar tecnologias “para aprender e adquirir ferramentas do mundo moderno”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E) e o Ministro das Finanças, Mário Centeno (D) no debate na generalidade do OE2020 (Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP).

Finanças confirmam encaixe de 30 milhões com aumentos da função pública

Lisboa, 01/10/2013 - Decorreu esta tarde na Fundação Champallimaud a Assembleia Geral da Zon Optimus 
Isabel dos Santos, accionista da Zon Optimus e Mário Silva, Zopt
(Diana Quintela/Global Imagens)

Administradores da NOS envolvidos no Luanda Leaks renunciam

Tchizé dos Santos,filha do ex-presidente da República angolano. (JOÃO RELVAS/LUSA)

Irmã de Isabel dos Santos desafia empresária a devolver 75 milhões a Angola

Facebook: Não Gosto pode estar para breve