fatura da sorte

Fatura da Sorte bate recordes em dezembro

O número de faturas elegíveis para o concurso semanal Fatura da Sorte a realizar em dezembro é o mais elevado de sempre, ultrapassando os 43,467 milhões. Representa uma subida de 26% face ao concurso de abril, indicou a Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais.

Estas faturas deram origem a um número também recorde de cupões atribuídos, que subiram 14% para 235,382 milhões, em relação a abril, quando o concurso arrancou.

Dezembro trouxe ainda o número mais elevado de sempre de candidatos ao sorteio: são 8,415 milhões de contribuintes (mais 7% face a abril) que pediram a emissão de faturas com o seu Número de Identificação Fiscal (NIF) e que vão disputar os 4 Audi A4 dos sorteios regulares.

Sorteio extraordiário

Por causa do Natal ser a uma quinta-feira, dia habitual da transmissão do concurso (na RTP, por volta das 22 horas), haverá uma antecipação para dia 23, uma terça-feira, com a particularidade de, nesse dia, ser realizado o sorteio extraordinário de 3 automóveis Audi A6, à semelhança do que ocorreu em junho.

Os restantes sorteios previstos para dezembro serão nos dias 4, 11 e 18, com a atribuição de Audi A4.

Até agora, a Autoridade Tributária já entregou 33 automóveis. Os Audi A4 foram para os concelhos de Amadora, Ferreira do Alentejo, Sintra (2), Oeiras (2), Almada, Tondela, Odivelas, Monção, Guimarães (2), Arcos de Valdevez, Lisboa (2), Vila Franca de Xira, Barreiro, Porto de Mós, Vagos, Castelo Branco, Loures, Cantanhede, Coimbra, Miranda do Douro, Bragança, Vila Nova de Gaia, Figueira da Foz, Porto e Paços de Ferreira. Já os três Audi A6 foram para os concelhos de Faro, Ribeira de Pena e Anadia.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes. MÁRIO CRUZ/LUSA

Famílias ficam com um pouco mais de salário ao final do mês

Miguel Almeida, CEO da NOS

Comité de Ética da NOS vai ouvir os administradores envolvidos no Luanda Leaks

O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, discursa durante a cerimónia de tomada de posse do XXII Governo Constitucional, liderado pelo secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 26 de outubro de 2019. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: É bem-vindo a Portugal todo o investimento no respeito da legalidade

Fatura da Sorte bate recordes em dezembro