combustíveis

Galp e Continente vão dar descontos na luz, gás e combustíveis

As empresas que operam no mercado livre de eletricidade e gás natural lançaram poucas ofertas novas este ano, mas 2015 promete mais descontos. O mote é a nova oferta que a Galp lança para o mercado na próxima sexta-feira, dia 26 de dezembro, e que, pela sua dimensão, ameaça agitar a concorrência, como a EDP ou a espanhola Endesa.

É que esta nova campanha – chamada Plano Energia3 – vai dar 50% de desconto no termo fixo (potência contratada) da luz e do gás natural e junta-lhe ainda descontos de 12 cêntimos nos combustíveis e de 10% nas botijas de gás. Além disso, reforça a parceria que a Galp tem com o Continente – e que hoje se limita aos combustíveis – porque todos os descontos serão carregados no cartão Continente.

De acordo com fonte oficial da Galp, esta oferta tripla faz com que a empresa portuguesa seja a primeira em toda a Europa a dar descontos integrados nas três energias. “Pelo menos não conhecemos outra oferta comparável”, disse ao Dinheiro Vivo o responsável pela comercialização de gás e eletricidade da Galp Energia.

Além disso, permite que o Continente seja a primeira empresa e marca de fora do universo da energia a dar descontos na conta de eletricidade e de gás natural. “Esta é uma oferta inédita e o reforço da parceria com a Galp é um exemplo de como duas grandes empresas nacionais se podem juntar para criar sinergias entre os seus negócios”, adiantou ao Dinheiro Vivo o administrador de marketing e internacional da Sonae MC, Miguel Seixas.

Como funciona o Plano Energia3?

Para aderir ao Plano Energia3 é preciso escolher a Galp como fornecedor de eletricidade, ou de luz e gás, se se optar pela fatura conjunta. O desconto é de 50% no termo fixo das duas energias ou, pelas contas da Galp, de cerca de 10% na conta total, mas não é retirado automaticamente. Com cada fatura mensal, o cliente recebe um cupão com o valor equivalente ao desconto que depois tem de carregar no cartão numa loja Continente.

Em simultâneo, e como o cartão Continente passa a ter informação de que o cliente tem o Plano Energia3, quando for abastecer nas 700 bombas da Galp passa a ter um desconto de 12 cêntimos por litro nos combustíveis, em vez dos atuais 10 cêntimos por litro. Assumindo que os preços descem hoje quatro cêntimos, com mais estes 12 cêntimos de desconto a gasolina na Galp pode ficar a 1,23 euros e o gasóleo a pouco mais de um euro, ou seja, muito perto do que é cobrado nas bombas de gasolina low cost.

Os clientes Plano Energia têm ainda 10% de desconto nas botijas de gás, mas apenas nas de 13 quilos, que custam hoje cerca de 25 euros.

Ao contrário do que se passa na luz e no gás natural, os descontos no combustivel e nas botijas são creditados automaticamente no cartão e o dinheiro pode ser gasto no hipermercado, na Well”s (produtos de beleza), Note (papelaria), Mo e Zippy (roupa) e Bom Bocado (pastelaria e restaurante).

A parceria com o Continente

À primeira vista, a mecânica do Plano Energia3 pode parecer complicada, mas para a Galp fazia mais sentido reforçar a parceria com o Continente – que conta com mais de um milhão de clientes – do que lançar uma oferta normal para o mercado livre com descontos imediatos.

“O cartão Continente já entrou na rotina de mais de 3,4 milhões de famílias, sendo utilizado em mais de 90% das vendas da marca, e os descontos acumulados desde 2007 já atingiram os dois mil milhões de euros”, disse fonte oficial da Galp ao Dinheiro Vivo.

Além disso, explicou Miguel Pereira, o mercado livre de eletricidade e gás – que é ainda recente – tem margens “muito reduzidas” e “não há espaço para que as ofertas de distingam apenas pela via do preço”. Por isso, repara, “é necessária muita ponderação para se articular uma oferta inovadora que faça realmente a diferença”.

A empresa manterá, no entanto, as outras ofertas para o mercado livre, ou seja, os pacotes Galp On, e ainda a parceria que tem com o Continente há já dez anos e que dá descontos de 10 cêntimos nos combustíveis a quem fizer compras de valor igual ou superior a 30 euros nos hipermercados e que dá crédito no cartão Continente quando se abastece até 60 litros na Galp.

Até porque dá frutos. Nos combustíveis, e em 2013, “a Galp concedeu 52 milhões de euros em descontos ao abrigo dos diversos programas de fidelização, um valor que deverá atingir os 60 milhões de euros este ano”. E na eletricidade e gás, apenas dois anos depois de ter entrado no mercado livre, já angariou 300 mil clientes e ultrapassou a quota de 5% em número de clientes, afirmando-se como o segundo operador.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Indústria do calçado. 
Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal regressou ao Top 20 dos maiores produtores de calçado

Alexandre Meireles, presidente da ANJE. Fotografia:  Igor Martins / Global Imagens

ANJE teme que 2021 traga “grande vaga” de falências e desemprego

Mina de carvão perto da cidade de Oaktown, Indiana, Estados Unidos. (EPA/TANNEN MAURY)

Capacidade de produção de carvão caiu pela primeira vez

Galp e Continente vão dar descontos na luz, gás e combustíveis