airbnb

Nuno Pestana Teixeira, o português que reapresentou a Airbnb ao mundo

A pensar no aumento da notoriedade da marca <strong>Airbnb </strong>em certas partes do mundo, a empresa contratou a TBWA para reapresentar a marca de aluguer de alojamento. Na equipa da agência publicitária em Singapura estava o português <strong>Nuno Pestana Teixeira</strong>.

“O objetivo da campanha era educar esses segmentos, explicando o que é a Airbnb e como funciona. E tentar fazê-lo de forma interessante e memorável.”, conta Nuno ao Dinheiro Vivo.

O publicitário estudou no IADE, em Lisboa, e passou depois um ano pela Lisbon Ad School, que lhe deu a oportunidade de fazer um estágio na FCB. “Dois anos depois tive a sorte de ganhar um importante prémio para jovens criativos em Cannes, que me abriu portas para a Ásia. Fui convidado para ir trabalhar na TBWA de Singapura.”, recorda Nuno.

A oportunidade de trabalhar na nova campanha da Airbnb surgiu quase cinco anos depois de ter integrado a equipa da agência. A ideia das miniaturas que foi usada na campanha, explica Nuno, surgiu da sensação de que cada vez que viajamos e usamos um hotel sentimos que não fazemos parte do sítio que estamos a visitar.

“Com a Airbnb temos uma experiência muito mais íntima com o local e conhecemos as pessoas que lá vivem, em vez de nos sentirmos turistas. Isto reduz as distâncias entre sítios, pessoas e culturas, fazendo do mundo um lugar mais pequeno. E foi por este raciocínio que chegámos a este mundo em miniatura, em que tudo é feito à mão por pessoas do mundo real, em vez de produzido em massa, como os hotéis.”, esclarece o publicitário.

Leia mais: Reveja o anúncio da Airbnb e a história que lhe deu origem.

Depois da ideia aprovada, o desafio foi manter o comprometimento de uma filosofia handmade [feito à mão] na execução do filme. “Desde primeira reunião com o realizador, deixámos claro que não queríamos truques, pós-produção ou efeitos de computador. Era muito importante para nós que tudo fosse construído à mão e filmado de forma linear com a câmara montada no comboio. Isto resultou numa produção diferente do habitual, e extremamente trabalhosa!”, explica Nuno.

Para fazer o filme, a equipa de produção Cirkus contratou cerca de 30 pessoas que, durante dois meses, ajudaram na construção do set de filmagens “absolutamente épico”, assinala. “Foram muitos dias passados num armazém escuro em Auckland, até finalmente conseguirmos o resultado que procurávamos. E valeu a pena.”, diz ao Dinheiro Vivo.

Agora, depois de cinco anos em Singapura Nuno procurava um novo desafio. Logo depois da campanha para a Airbnb mudou-se para o Colorado para trabalhar no escritório principal da Crispin Porter + Bogusky.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Nuno Pestana Teixeira, o português que reapresentou a Airbnb ao mundo