poiaresmaduro

RTP. Poiares Maduro aceita destituição da administração

Poiares Maduro <b>aceitou a proposta de destituição</b> do conselho de administração da RTP proposta pelo Conselho Geral Independente. O Conselho de Administração da RTP não se pronuncia sobre a decisão tomada pelo Governo.

Conselho Geral Independente estava em rota de colisão com a administração das estações e rádios públicas, liderada por Alberto da Ponte.

Leia ainda: Conselho Geral Independente ‘chumba’ plano estratégico da RTP

Na passada segunda-feira, reprovaram o plano estratégico para a RTP apresentado pela administração de Alberto da Ponte, tendo criticado o facto de não terem sido consultados sobre a compra dos direitos dos
jogos da Liga dos Campeões
, acusando a administração da RTP de violar o princípio de lealdade.

Acusação que o CA refutou em comunicado. “O CA cumpriu todos os seus deveres legais e estatutários, nomeadamente quanto ao projecto estratégico e à sua conformidade com o Plano de Desenvolvimento e Redimensionamento da RTP, pelo que continuará a exercer o seu mandato na defesa exclusiva dos interesses da RTP e do serviço público de rádio e de televisão, no cumprimento da lei e das melhores práticas deontológicas.”

Ontem Passos Coelho, quando questionado sobre o tema, remeteu uma decisão para o Conselho Geral Independente. “Nos termos da nova lei, compete ao Conselho Geral Independente tomar as
decisões que entender adequadas”, afirmou Pedro Passos Coelho.

Até ao momento não foi possível obter um comentário do CA.

(notícia atualizada às 17h49)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Utentes à saída de um cacilheiro da Transtejo/Soflusa proveniente de Lisboa, em Cacilhas, Almada. MÁRIO CRUZ/LUSA

Salário médio nas empresas em lay-off simplificado caiu 2%

TikTok

Microsoft estará interessada na compra da operação global do TikTok

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D), ladeada pelo secretário de Esatdo dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro (E), intervém durante a interpelação do Partido Comunista Português (PCP) ao Governo sobre a "Proteção, direitos e salários dos trabalhadores, no atual contexto económico e social", na Assembleia da República, em Lisboa, 19 de junho de 2020. MÁRIO CRUZ/LUSA

Já abriu concurso para formação profissional de 600 mil com ou sem emprego

RTP. Poiares Maduro aceita destituição da administração