Coronavírus

Tóquio2020 quer fixar novas datas “o mais rápido possível” para Jogos

A woman wears a face mask amid concerns over the spread of the COVID-19 coronavirus as she sits at a bus stop advertising the Tokyo 2020 Summer Olympics in Bangkok on March 20, 2020. (Photo by Lillian SUWANRUMPHA / AFP)
A woman wears a face mask amid concerns over the spread of the COVID-19 coronavirus as she sits at a bus stop advertising the Tokyo 2020 Summer Olympics in Bangkok on March 20, 2020. (Photo by Lillian SUWANRUMPHA / AFP)

O diretor executivo da comissão organizadora de Tóquio2020, Toshiro Muto, pediu que as novas datas para a realização dos Jogos Olímpicos na capital japonesa, adiados para 2021, sejam estabelecidas “o mais rápido possível”.

“Há muitos aspetos que não podem avançar se as novas datas [dos Jogos] não forem decididas rápido”, afirmou Toshiro Muto, no final da primeira reunião de trabalho de um grupo especialmente criado pelos organizadores, após o adiamento do evento.

A confirmação do adiamento dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 surgiu na terça-feira, após a pressão de vários organismos e instituições, através de um comunicado conjunto do Comité Olímpico Internacional (COI) e do Comité Organizador dos Jogos.

A decisão do adiamento de Tóquio2020, inicialmente previsto para decorrer entre 24 de julho e 09 de agosto, de acordo com o COI e o Comité Organizador foi tomada “para salvaguardar a saúde dos atletas, de toda a gente envolvida nos Jogos Olímpicos e de comunidade internacional.

O presidente da comissão organizadora, Yoshiro Mori, descreveu como “um desafio sem precedentes” a tarefa de reajustar os preparativos dos últimos seis anos.

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), o alemão Thomas Bach, disse na quarta-feira que os jogos serão disputados “o mais breve possível”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, e Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.  MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salários, crédito, moratórias e rendas. O que vai ajudar famílias e empresas

EPA/Enric Fontcuberta

Mais de 100 mil recibos verdes candidataram-se ao apoio à redução da atividade

A ministra da Saúde, Marta Temido.. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

295 mortos e 11 278 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Tóquio2020 quer fixar novas datas “o mais rápido possível” para Jogos