Tecnologia

A empresa que faz iPhones mais bonitos do que a própria Apple

iphone5

i

Empresa francesa está a apostar no segmento dos smartphone recondicionados, que está em franca expansão. Além de coloridos, também são mais baratos.

Apple e Mobile World Congress são nomes que raramente se veem em conjunto, mas quem passa no stand da empresa Remade não fica indiferente – ou não estivessem em exposição iPhone com cores únicas e que nem a própria Apple explora.

Leia também o artigo Este é o smartphone que todas as marcas devem temer

Mas os nomes das cores que a Remade dá aos seus equipamentos recondicionados são tão curiosos como os da marca da maçã: safira pura, para o modelo azul, ou framboesa ácida, para o modelo cor-de-rosa.

Um responsável da marca explicou à Insider em que consistem estes smartphones. São equipamentos, comprados em segunda mão, mas que uma vez na posse da Remade são refeitos quase de raiz para que fiquem como se estivessem a sair de fábrica. É trocado o ecrã, a parte traseira e também é dada uma bateria nova aos iPhone.

É nos modelos mais antigos, como o iPhone 6 e o iPhone 7, que é possível dar-lhe o aspeto único que pode ver na galeria em cima – e que em alguns casos chegam a ser mais bonitos e interessantes do que as próprias cores da Apple. Os modelos a partir do iPhone 8, como são feitos em vidro, depois de recondicionados são exatamente iguais aos da Apple.

Um iPhone 6 verde, por exemplo, pode custar aos utilizadores 199 euros. Já o modelo iPhone 7 azul pode custar 399 euros. A empresa diz que tem um distribuidor em Espanha e que garante os envios dos equipamentos também para o mercado português. E um elemento importante: a Remade atribui um ano de garantia a estes iPhone recondicionados.

As cores que viu não são extravagantes e diferentes o suficiente? Sin problema! A empresa diz que é possível ter um iPhone de qualquer cor e até adicionar uma gravação no próprio equipamento.

São projetos como o da francesa Remade – e que tem todas as operações concentradas em França – que estão a cunhar um novo segmento de mercado dentro do gigantesco mundo dos smartphones. Segundo dados da empresa de análise CCS Insights, revelados no Mobile World Congress, 8% dos smartphones comprados durante o ano de 2019 na Europa já deverão ser dispositivos recondicionados.

Também em Portugal já há quem esteja a explorar este novo segmento de mercado, sendo o caso mais conhecido o da Forall Phones.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

( Álvaro Isidoro / Global Imagens )

Greve ao sábado preocupa petrolíferas mas não são esperadas ruturas

TIAGO PETINGA/LUSA

Sindicato faz greve “cirúrgica” às horas extra entre 7 e 22 de setembro

Outros conteúdos GMG
A empresa que faz iPhones mais bonitos do que a própria Apple