Reabilitação

Mercado Beira-Rio em Gaia abre portas renovado

Mercado Beira-Rio, em Vila Nova de Gaia. Fotografia: D.R.
Mercado Beira-Rio, em Vila Nova de Gaia. Fotografia: D.R.

Mercado Beira-Rio, localizado na marginal de Gaia, reabre com um conceito renovado, que alia a experiência gastronómica à tradição dos frescos

O renascer de um espaço emblemático, onde os produtos frescos sempre foram reis durante 80 anos, e que agora com uma resposta mais moderna alia a experiência das compras com a gastronomia. Sim, depois de anos perdido e quase sem vida o Mercado Beira-Rio, na marginal de Vila Nova de Gaia, reabre as portas depois de um processo de reabilitação.

Todas as bancas de frutas, legumes e talho, e os típicos cafés e lojas de artesanato, que ainda se mantinham no edifício, viram os seus espaços melhorados e passam a conviver com restaurantes modernos, bares de vinho e cerveja e lojas de doçaria tradicional.

Os frescos regressam ao mercado Beira-Rio. Fotografia: D.R.

Os frescos regressam ao mercado Beira-Rio. Fotografia: D.R.

O Mercado Beira-Rio tem uma área superior a mil metros quadrados e 47 espaços comerciais. O espaço oferece 178 lugares no interior e 344 lugares de esplanada exterior e vai funcionar com horários alargados durante todo o ano. O projeto vai gerar perto de 100 novos postos de trabalho e um volume de negócios de cerca de 3,5 milhões de euros.

Uma ida até ao velho/novo mercado, além de garantir que encontra todos os produtos que ali se vendiam, pode ainda perder-se pelos sabores da cozinha portuguesa. É só escolher, desde o leitão d’O Forno do Leitão do Zé, o bacalhau do Chef Manuel de Almeida (Bacalhau do Porto) ou as tábuas de queijos e enchidos da Queijaria Portuguesa.

Gastronomia portuguesa no Mercado Beira-Rio. Fotografia: D.R.

Gastronomia portuguesa no Mercado Beira-Rio. Fotografia: D.R.

E outros nomes, que já fazem parte da vida dos portuenses também quiseram estar no novo Mercado Beira-Rio, como o Barriga Negra, a Taxca, a Alta Burguesia e o daTerra. Há também espaço para os sabores internacionais, desde as famosas piadinas italianas da Piadina Mia, o sushi e ceviche do Sushi no Mercado e os croquetes da Kroquet, inspirada nas croquetarias holandesas.

Nos doces a tradição cumpre-se com os chocolates e gelados artesanais da Arcádia, mas aliada à criatividade da Miss Pavlova e os brigadeiros do Brigadão.

Naturalmente, que sendo em Gaia, terra de caves do Vinho do Porto, as bebidas não podiam faltar, com uma loja de vinhos e um bar com marcas Sogrape e o espaço Super Bock Beer Experience.

Os responsáveis pelo espaço garantem que além de ser um destino gastronómica, vão apostar num cartaz cultural, que inclui música ao vivo, exposições de arte, recitais de poesia e eventos temáticos sazonais ao longo de todo o ano.

A gestão do Mercado Beira-Rio está entregue à sociedade Fachada Oceânica, consórcio composto pela construtora Lucios, especialistas em reabilitação urbana, e pela Legível Puzzle, cujos sócios são a PEV Entertainment, promotor de eventos culturais como o Festival Marés Vivas, e pela Jocalu Higiene Industrial. A conceção de exploração do espaço foi concedida pela Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia por 30 anos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: MIGUEL A. LOPES/ LUSA

Défice recua à boleia de crescimento da receita e estabiliação da despesa

Terminou nesta sexta-feira o prazo para a entrega de propostas de compra do Novo Banco

Pimco aceita oferta do Novo Banco

Fotografia: Paulo Spranger/Global Imagens

Portugueses são os que mais querem poupar para enfrentar futuras crises

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Mercado Beira-Rio em Gaia abre portas renovado