Tecnologia

iPhone prepara-se para ‘roubar’ maior trunfo da Huawei

REUTERS/Regis Duvignau/File Photo
REUTERS/Regis Duvignau/File Photo

O iPhone continua a ser a principal referência no mercado dos smartphones, mas isso não o impede de 'inspirar-se' na concorrência.

A Apple poderá lançar um novo iPhone com uma câmara fotográfica tripla ainda em 2018. A novidade é avançada pela publicação The Korea Herald, que também diz que a Samsung deverá optar por uma câmara tripla para uma futura versão da linha de smartphones Galaxy S.

A acontecer, a Apple estaria a incluir no iPhone aquela que foi uma novidade introduzida pela Huawei no seu mais recente topo de gama, o modelo P20 Pro. No caso do smartphone da marca chinesa, os três sensores têm funções distintas: o principal, de 40 megapíxeis, é o que capta mais informação; o secundário, de 20 megapíxeis, capta imagens a preto e branco; já o terceiro sensor de imagem, de oito megapíxeis, permite fazer zoom ótimo até 3x.

Leia também | De Paris a Roma. Fomos ver se o Huawei P20 Pro tem mesmo a melhor câmara

Caso venha a apostar numa câmara tripla para o iPhone, as funcionalidades dos sensores de imagem podem ser diferentes. Atualmente o modelo topo de gama da Apple, o iPhone X, usa dois sensores de imagem sobretudo para recriar um efeito de profundidade mais profissional na captação de imagens.

A aposta em mais sensores de imagem também poderia ter como objetivo reforçar a componente de hardware do iPhone a pensar em experiências de realidade aumentada.

Caso um iPhone de câmara tripla venha a ser anunciado, esta não seria a primeira vez que a Apple integraria tecnologias que já foram imagem de marca de outros equipamentos – casos dos pagamentos por NFC ou do carregamento sem fios.

Leia também | Fotografar um safari com telemóvel? Sim, é possível

A dinâmica de mercado tem mostrado no entanto que o iPhone continua a ser a principal referência no segmento dos smartphones: basta pensar que nos últimos anos vários fabricantes têm eliminado a entrada de áudio de 3,5 milímetros dos telemóveis e têm apostado em ecrãs com recorte (notch), duas características que foram massificadas pela marca da maçã.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Margarida Matos Rosa, presidente da Autoridade da Concorrência

Tiago Petinga/Lusa

Concorrência acusa 5 seguradoras e 14 administradores de formarem um cartel

Turismo. Fotografia: REUTERS/Nacho Doce

Excedente comercial nacional afunda mais de 68% no 1º semestre

empresas

Quando o nome de família trava o crescimento das empresas

Outros conteúdos GMG
iPhone prepara-se para ‘roubar’ maior trunfo da Huawei