Banda desenhada de Tintim é leiloada por mais de 68 mil euros

Um dos mais raros exemplares de banda desenhada que retrata as aventuras de Tintim na Ilha Negra (“L’ île Noire”) foi leiloado por 68.501 euros

Um dos mais raros exemplares dos livros de banda desenhada que retrata as aventuras de Tintim na Ilha Negra (“L’ île Noire”) foi leiloado por 68.501 euros na Catawiki. A edição alternativa de 1943 das aventuras do jovem jornalista na Ilha Negra, da qual apenas existem três cópias, é uma das mais raras bandas desenhadas da Europa arrematadas em leilão.

De acordo com Patrick Vranken, especialista da Catawiki em banda desenhada, este exemplar não é apenas mais um livro que retrata as aventuras de Tintim, “este livro foi impresso em 1943 a pedido de Hergé, o seu ator, que solicitou apenas 10 cópias que seriam destinadas a jornais. A cópia leiloada agora por mais de 68 mil euros nunca foi enviada para nenhum jornal, e acabou por ser utilizada pelo próprio Hergé como ferramenta de trabalho para preparação de uma versão mais moderna do livro original”.

Acrescentando que, "a excecionalidade desta cópia traduz-se nos desenhos e anotações feitas por Hergé, algo difícil de se encontrar no mercado, e que serviu de rascunho para a nova edição das aventuras de Tintim Na Ilha Negra, publicado mais tarde em 1965".

A banda desenhada foi publicada pela primeira vez a preto e branco no final de 1938. Em 1965, quando a tradução em inglês é feita, a editora britânica apontou para Hergé uma elevada quantidade de erros que tinham de ser corrigidos. O escritor aproveitou este exemplar agora leiloado para apontar as mudanças e correções necessárias, e preparar o lançamento da nova edição.

Em 2016, outra banda desenhada das aventuras de Tintim no Congo foi leiloada na plataforma da Catawiki por 39 mil euros. Os exemplares mais raros e antigos do escritor belga são assim tratados como um investimento rentável para apreciadores desta arte, em todo o mundo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de