Netflix

Casal Obama vai produzir conteúdos para a Netflix

Barack e Michelle Obama criaram uma produtora, a Higher Ground Productions. REUTERS/Brendan McDermid/File Photo
Barack e Michelle Obama criaram uma produtora, a Higher Ground Productions. REUTERS/Brendan McDermid/File Photo

Depois dos rumores, chega a confirmação: Barack e Michelle Obama vão mesmo produzir filmes e séries para a Netflix, numa parceria para vários anos.

O casal Obama ganha agora uma nova profissão no currículo, depois da saída da Casa Branca. Barack e Michelle Obama chegaram a acordo com o serviço de streaming. O negócio vai dar ao ex-Presidente e antiga Primeira-dama norte-americana uma plataforma global, com potencial para chegar a 125 milhões de utilizadores, em 190 países.

Os Obama criaram uma produtora, chamada Higher Ground Productions, com o intuito de fazer chegar à Netflix um conjunto de documentários, séries documentais, séries com guião e séries ‘unscripted’, refere a Netflix, em comunicado.

Na mesma publicação, Barack Obama refere que o casal “espera cultivar e prestar curadoria a vozes talentosas, inspiradores e criativas, que possam promover uma maior empatia e compreensão entre povos e ajudar a partilhar essas histórias com todo o mundo”.

Uma vez que falamos de Barack e Michelle Obama, não seria descabido pensar que esta parceria com a Netflix pudesse ser um veículo para críticas à administração Trump. Segundo refere o New York Times, que foi um dos primeiros a reportar a possibilidade de parceria entre os Obama e a Netflix, a ideia dos Obama não será a de utilizar esta parceria como uma arma para criticar o governo de Donald Trump, atual dirigente da Casa Branca.

A Netflix refere que este acordo é válido para mais do que um ano, sem especificar uma duração concreta. Os valores envolvidos no negócio também não foram divulgados.

Barack Obama já esteve presente este ano num conteúdo original da Netflix: o ex-Presidente dos Estados Unidos foi o primeiro convidado do programa de entrevistas de David Letterman, que mensalmente fala com uma figura de renome, na série O Próximo Convidado Dispensa Apresentações.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Teste - Redação DV

Liberdade e sustentabilidade dos media, com ou sem apoio do governo?

Regime dos residentes não habituais garante isenção de IRS a quem recebe pensões do estrangeiro.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Primeiros 18 residentes não habituais prestes a perder benefício

Salvador de Mello, CEO do grupo CUF (Artur Machado/Global Imagens)

CUF vai formar alunos médicos de universidade pública

Outros conteúdos GMG
Casal Obama vai produzir conteúdos para a Netflix