Tecnologia

Carros Apple Maps avistados em cidades portuguesas

Foto: Lino Ferreira
Foto: Lino Ferreira

A Apple trouxe para Portugal uma frota de veículos que está a recolher informação para a sua plataforma de mapas e geolocalização.

Vários carros que pertencem à frota do Apple Maps têm sido avistados em diferentes pontos do país, como nas regiões de Lisboa, Aveiro, Faro e Gaia. Os veículos em questão são da Subaru e distinguem-se por dois motivos: na lateral estão identificados como estando ao serviço dos Apple Maps e têm, na parte superior, um equipamento para captação de imagens.

Leia também Estas aplicações gravam tudo o que faz… e não pedem autorização

Os veículos que estão em Portugal fazem parte da frota de segunda geração dos Apple Maps e que estrearam no último trimestre de 2018 nos EUA. Nas redes sociais são já vários os relatos de avistamentos dos carros nas estradas portuguesas.

O equipamento parecido com um periscópio que os carros transportam tem, segundo a relatos da imprensa internacional, tecnologia LIDAR – para medição de distância – e câmaras que conseguem captar imagens em 360º. Dentro do veículo existem equipamentos Apple e discos rígidos que fazem o processamento e o armazenamento da informação.

Esta segunda geração de veículos deverá traduzir-se em informação mais fidedigna na aplicação de mapas, como também na criação de ambientes mais realistas – através do mapeamento de espaços verdes e do aspeto dos edifícios.

No início do ano passado, a Apple anunciou que iria começar a trabalhar no redesenho da sua aplicação de mapas e em vez de usar dados de empresas externas, iria recolher e usar apenas as suas próprias informações.

Numa entrevista em 2018, Eddy Cue, o executivo da Apple responsável por este segmento, revelou a ambição de criar “a melhor aplicações de mapas do mundo” e confirmou que tudo seria construído “de raiz”.

(atualização 15 abril 2019, com o crédito da foto atribuído ao seu autor: Lino Ferreira)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, discursa na cerimónia de lançamento do Projeto de Divulgação Cultural do Novo Banco. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Banca custou ao Estado mais 1,5 mil milhões de euros em 2019, agora ajude

coronavirus portugal antonio costa

Proibidos ajuntamentos com mais de cinco pessoas. Aeroportos encerrados

O primeiro-ministro, António Costa, fala aos jornalistas no final da reunião do Conselho de Ministros após a Assembleia da República ter aprovado o decreto do Presidente da República que prolonga o estado de emergência até ao final do dia 17 de abril para combater a pandemia da covid-19, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 2 de abril de 2020. 
 MÁRIO CRUZ/POOL/LUSA

Mapa de férias pode ser aprovado e afixado mais tarde do que o habitual

Carros Apple Maps avistados em cidades portuguesas