Dinheiro

Cientistas revelam como o dinheiro compra felicidade. Será a receita para 2018?

gastar dinheiro e ganhar tempo. D.R.
gastar dinheiro e ganhar tempo. D.R.

Será tanto mais feliz quanto melhor souber aproveitar o tempo extra que ganha se pagar por alguns serviços que teria de fazer.

Quer ser mais feliz em 2018? Então gaste mais dinheiro. Esta é (em parte) a conclusão de um grupo de investigadores da Harvard Business School e da University of British Columbia, que descobriu que “o dinheiro poderia realmente comprar a felicidade, se as pessoas o gastassem em bens ou atividades que lhes poupariam tempo”.

A investigação, que a Forbes teve acesso, revela que os participantes que admitiram gastar dinheiro em investimentos que permitam poupar tempo – como um serviço de limpezas, por exemplo -, ficariam mais felizes do que aqueles que não tinham feito estes gastos.

Os participantes receberam 40 dólares (33,91 euros) que poderiam gastar, por opção, em bens materiais ou em serviços para economizar tempo. Aqueles que preferiram pagar por um serviço e pouparem tempo revelaram menos sinais de stresse e um sentimento maior de bem-estar – e os resultados foram semelhantes em quase todos os níveis de rendimentos.

“Gastar dinheiro para economizar tempo permite canalizar horas para atividades mais significativas para as pessoas e isso traduz-se em bem estar”, pode ler-se no artigo da Forbes. “Pedir uma pizza em vez de fazer o jantar [por exemplo] dá-lhe mais uma hora para trabalhar noutra tarefa e assim poupa também tempo na limpeza da cozinha”.

Em qualquer caso, vai pagar por um serviço, mas isso significa pagar por alguns minutos extra para se dedicar a outra tarefa importante. São pequenos gastos (calculados) que o aproximam dos seus grandes objetivos. A pergunta que muitos farão é se esta estratégia permite ganhar mais dinheiro? Não, mas permite ganhar tempo para usar em tarefas relevantes.

E fica o conselho para o ano que vem: “Seja inteligente com o seu dinheiro em 2018, mas seja ainda mais esperto com o seu tempo. Se pode poupar um pouco do primeiro para ter mais do último, então estará muito mais perto de atingir os objetivos que realmente são importantes para si nos próximos 12 meses”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lisboa casas turismo salarios portugal

Taxa de juro do crédito à habitação cai para 1%

Lisboa, 18/02/2020 - Plenário da Assembleia da República - Debate quinzenal com o primeiro ministro.
Primeiro Ministro António Costa com os restantes ministros que compõem o governo.
Jerónimo de Sousa - PCP
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Jerónimo avisa Costa que “sem aumentos salariais” os “problemas vão aumentar”

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C), acompanhado pelo ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno e pelo presidente da CP, Nuno Freitas (E), na assinatura do contrato de serviço público entre o Estado e a CP, na Estação do Rossio, em Lisboa, 28 de novembro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

CP escapa a multas por atraso no contrato de serviço público

Cientistas revelam como o dinheiro compra felicidade. Será a receita para 2018?