moda

Coleção de Heidi Klum para o Lidl chega a Portugal em setembro

Heidi Klum com coleção para o Lidl

Apresentadora de Project Runaway assina coleção para o Lidl. A cadeia está a apostar na categoria têxtil cujas vendas têm crescido na distribuição

Heidi & The City é o tema da coleção de moda criada pela apresentadora do Project Runaway para o Lidl. A coleção será apresentada a 7 de setembro no New York Fashion Week e chega a todas as lojas, inclusive Portugal, a 18 de setembro.

A metrópole nova-iorquina é mais do que o simples local do evento, foi na Big Apple que Heidi Klum se inspirou para a criação da coleção “Esmara by Heidi Klum: Heidi & The City”.

A coleção concretiza o acordo anunciado em junho entre a cadeia de distribuição e a ex-modelo, uma forma de reforçar a aposta do Lidl no têxtil, categoria de produto que tem vindo a crescer vendas na área de distribuição.

Leia mais aqui: Lidl entra na moda com Heidi Klum

A coleção é composta por casacos, tops, Bomber Jackets e Super Skinny Jeans e peças de cabedal, azuis brilhante. Além da roupa (com tamanhos entre o 34 e o 44), inclui ainda acessórios e calçado (entre o 36 e o 41). As peças custarão entre 6 e 25 euros, com exceção para o Casaco Biker de cabedal verdadeiro que custará cerca de 60 euros.

“Eu queria Moda que tivesse um efeito wow, com peças fáceis de combinar e que surpreendessem qualquer mulher – tudo a um preço imbatível”, justificou Heidi Klum, em nota de imprensa.

A coleção estará presente em 28 países em simultâneo – portanto, disponível em mais de 10 mil lojas Lidl, inclusive nas 246 lojas existentes em Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação do Orçamento do Estado para 2019. 16 de outubro de 2018. REUTERS/Rafael Marchante

Bruxelas envia carta a Centeno a pedir o triplo do esforço orçamental

lisboa-pixabay-335208_960_720-754456de1d29a84aecbd094317d7633af4e579d5

Estrangeiros compraram mais de mil imóveis por mais de meio milhão de euros

João Galamba (secretário de estado da energia) , João Pedro Matos Fernandes (Ministro para transição energética) e António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Mexia diz que EDP volta a pagar a CESE se governo “cumprir a sua palavra”

Outros conteúdos GMG
Coleção de Heidi Klum para o Lidl chega a Portugal em setembro