Netflix

Depois dos robôs, Netflix testa sistema humano de recomendações

netflix-2-960x540_c

A Netflix está a testar um novo recurso de recomendação e a grande novidade é que as dicas, desta vez, são feitas por humanos e não por robôs

Em tempos de grande competição entre as plataformas de streaming, a empresa busca novas formas de sugerir conteúdos para os seus utilizadores, depois de ter apostado totalmente no desenvolvimento de algoritmos que “arrumavam” cada perfil no que a empresa chamava de categorias de gostos.

A nova funcionalidade da Netflix é o Collections, uma ferramenta que promete recomendar as séries e os filmes a partir da perspetiva de humanos. Inicialmente restrita a dispositivos iOS, a novidade está a receber a curadoria dos especialistas da área criativa da Netflix. Os títulos a serem indicados são organizados com base em diversos fatores, tais como género, enredo e caraterísticas singulares.

Ao clicar no botão “Collections”, é possível conferir cartões com diversos temas, cada um com uma opção para seguir. E cada um destes cartões vai levar a uma secção com uma lista expandida de sugestões.

Um porta-voz da Netflix confirmou que os testes estão a ser feitos com grupos para a imprensa norte-americana. Ele diz que a companhia visa sempre buscar novas formas de conectar os fãs com as atrações que eles podem gostar.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

Segurança Social pagou até hoje 992 milhões em apoios

Espanha Portugal

Mais um golpe no turismo. Bélgica mantém Portugal na lista de “alto risco”

Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Governo quer manter apoios às empresas para evitar mais miséria e desemprego

Depois dos robôs, Netflix testa sistema humano de recomendações