Tecnologia

Descubra se alguém acedeu às suas fotos privadas no Facebook

Facebook
REUTERS/Thomas White/File Photo

Facebook pede desculpa aos utilizadores pela falha que expôs fotografias de 6,8 milhões de pessoas.

Continua o annus horribilis do Facebook. Depois de já ter estado envolvido em várias polémicas relacionadas com falhas de privacidade, a rede social volta a estar sob fogo após ter permitido que as fotografias privadas de 6,8 milhões de utilizadores ficassem expostas.

Por norma só as fotografias que foram efetivamente partilhadas pelos utilizadores podiam ser vistas, por exemplo, pelas aplicações às quais cada um deu permissão. Por causa desta nova falha identificada – e entretanto corrigida -, as imagens privadas estiveram acessíveis a um grande número de programadores.

“Na sequência de um erro ocorrido entre 13 e 25 de setembro de 2018, os programadores tiveram acesso a outras fotos, tais como fotos que possas ter publicado nas tuas Stories ou que tenhas carregado, mas não tenhas chegado a publicar”, explica a rede social na sua página de ajuda.

Leia também | Como proteger a sua conta quando o Facebook faz asneira

Para descobrir se alguém acedeu às suas fotos privadas no Facebook, basta carregar neste link. No centro da página encontra um retângulo cinzento que lhe diz se é um dos 6,8 milhões de utilizadores afetados por esta nova polémica.

“Recomendamos que inicies sessão em todas as apps com as quais partilhaste as tuas fotos do Facebook para verificares a que fotos os programadores têm acesso”, escreve ainda a plataforma liderada por Mark Zuckerberg.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O antigo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos ouvido na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco. Assembleia da República, Lisboa, 19 de junho de 2019. MIGUEL A. LOPES/LUSA

As razões de Teixeira dos Santos – e aquilo que nunca soube

O antigo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos ouvido na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco. Assembleia da República, Lisboa, 19 de junho de 2019. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Teixeira dos Santos: Sócrates alertou que nomear Vara criaria “ruído mediático”

Outros conteúdos GMG
Descubra se alguém acedeu às suas fotos privadas no Facebook