Dois livros de leitura obrigatória para Gonçalo Caseiro

Executivos convidados pelo Dinheiro Vivo recomendam livros, de vários géneros, para ler durante estas férias atípicas, em pandemia.

Gonçalo Caseiro, CEO da Imprensa Nacional-Casa da Moeda, é o primeiro que ao longo dos próximos 20 dias vai sugerir dois livros que considera de leitura obrigatória e explica porquê.

1. A Ilustre Casa de Ramires, de Eça de Queirós

"Tempo de férias de verão para regressar aos grandes clássicos da literatura portuguesa, com o livro A Ilustre Casa de Ramires e a ironia sempre acutilante de Eça de Queiroz, e para (re) descobrir os lugares e as paisagens do Douro, nas reflexões de Gonçalo Mendes Ramires sobre o passado da sua família e do seu próprio país", recomenda Gonçalo Caseiro.

 

 

 

FICHA TÉCNICA DO LIVRO:

TÍTULO: A Ilustre Casa de Ramires

AUTOR: Eça de Queirós

EDIÇÃO: Porto Editora

PREÇO: 5,28€ (Porto Editora)

2. Todos Devemos Ser Feministas, de Chimamanda Ngozi Adichie

"Este é um pequeno livro de uma escritora de ficção notável, Chimamanda Ngozi Adichie. Se queremos ter um futuro temos de mudar urgentemente a realidade tão bem descrita por outra nigeriana Nobel da Paz: 'quando mais perto do topo chegamos, menos mulheres encontramos'. Um livro para ler em período de férias", considera o CEO da Imprensa Nacional-Casa da Moeda.

FICHA TÉCNICA DO LIVRO:

TÍTULO: Todos Devemos Ser Feministas

AUTOR: Chimamanda Ngozi Adichie

EDIÇÃO: Publicações D. Quixote

PREÇO: 7,50€ (Leya)

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de