Leituras de verão

Dois livros de leitura obrigatória para Luís Fernandes

O rating da Cimpor foi cortado pela S&P

Executivos convidados pelo Dinheiro Vivo recomendam livros, de vários géneros, para ler durante estas férias atípicas, em pandemia.

Luís Fernandes, CEO da Cimpor, é o sexto que ao longo dos próximos 20 dias vai sugerir dois livros que considera de leitura obrigatória e explica porquê.

1. História da China, de Stephen G.Haw

502x (5)

Em 2012, por seis meses, fui responsável pelas operações da Cimpor na China e na India. A China é país fascinante, mas é preciso conhecer muito bem, quando se está nos negócios. E é um país que só se começa a conhecer após anos de vivência local. Daí a minha escolha. Condensa 2000 anos e dános a visão deste colosso.

FICHA TÉCNICA DO LIVRO:

TÍTULO: História da China
AUTOR: Stephen G. Haw
EDIÇÃO: Tinta da China
PREÇO: 19,50€ (Wook)

2. Salvem o Mundo, Não Existe Planeta B, de Louise Badford

1540-1

Sendo responsável pela Cimpor Portugal e Cabo Verde, que aderiu ao Acordo de Paris e assumiu um compromisso com os desígnios do Green Deal, considero que só temos uma oportunidade para salvar o nosso planeta que passa pelo compromisso de todas as empresas e indústrias em serem “carbon neutral”. Todos nós temos o desafio de contribuir para um planeta sustentável. Só depende de cada um de nós.

 

 

FICHA TÉCNICA DO LIVRO:

TÍTULO: Salvem o Mundo, Não Existe Planeta B
AUTOR: Louise Bradford
EDIÇÃO: Editora In
PREÇO: 15,99€ (FNAC)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: EPA/PATRICK SEEGER

Bruxelas dá luz verde a Banco Português de Fomento

Exemplo de ouro numa loja de câmbio em Klaaswaal, Países Baixos. (EPA/ROBIN VAN LONKHUIJSEN)

Ouro atinge recorde e excede os 2 mil dólares

Centenas de turistas visitam todos os dias os jardins do Palácio de Cristal, no Porto. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

FMI: Portugal com perdas acima de 2% do PIB devido à quebra no turismo

Dois livros de leitura obrigatória para Luís Fernandes