Dinheiro Vivo TV

E o melhor smartphone para gravar filmes de terror é…

A carregar player...

Colocámos à prova três smartphones (Samsung Galaxy Note 9, iPhone X e Huawei P20 Pro) para ver qual grava melhor vídeos em locais com pouca luz.

O MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa está à porta e além de filmes de terror vem também um concurso de curtas para serem gravadas com smartphone. Os vencedores vão chegar à 12.ª edição do Festival, que terá lugar de 4 a 9 de setembro, no Cinema São Jorge.

Para o nosso teste, que pode ver no vídeo, colocámos em teste o novo e gigante Samsung Galaxy Note 9, o recente Huawei P20 Pro (conhecido por ter as melhores fotos à noite – já testámos isso mesmo de Roma a Paris por aqui) e o mais ‘antigo’ (do final do ano passado) e prestes a ser substituído pela Apple, o iPhone X.

Todos eles têm câmaras principais com duas lentes e, no caso do P20 Pro, tem mesmo uma terceira que é o que permite fazer zoom ótico de 2x, algo que o Note 9 e o iPhone X também tem com apenas duas lentes. Todos são topos de gama notáveis repletos de boas caraterísticas e todos gravam em 4K.

Outra caraterística importante na hora de gravar um vídeo destes, em movimento, é o estabilizador ótico de imagem (OIS), que permite tornar os movimentos com o telemóvel um pouco mais suaves. É surpreendente ver em ação o chamado OIS nos três smartphones e não é fácil dizer qual é o melhor visto que os resultados são francamente bons mesmo em corrida com o telemóvel na mão, algo que fizemos na gravação do vídeo. Também foi fácil fazer planos fixos com imagens muito estáveis mesmo só segurando com as mãos e sem qualquer apoio de tripés ou gimbal como o DJI Osmo Mobile 2. O mais surpreendente foi ver que o iPhone esteve ou nível – pareceu mesmo superar – os rivais nesta área.

Já na qualidade de imagem, no ecrã pareceu sempre que o iPhone foi muito mais escuro e menos detalhado do que o Note 9 ou o P20 Pro. O que captou maior claridade em zonas verdadeiramente escuras foi o Note 9 e o P20 Pro andou lá perto. O modelo da Huawei mostrou uma funcionalidade útil, graças ao uso da inteligência artificial mesmo em vídeo. Reconheceu uma cara – da nossa colega Cátia, que participou na aventura – e tornou essa zona um pouco mais clara. O Note 9 pareceu sempre o modelo mais à vontade no vídeo com pouca luz, não só com maior claridade mas também mais detalhe.

O que o nosso teste também revela é que os smartphones são, de facto, cada vez mais (e cada vez melhores) máquinas de filmar notáveis para o tamanho que têm. Isto numa altura em que já há curtas-metragens e filmes gravados com smartphones que venceram prémios, como é o caso do filme de Steven Soderbergh Unsane, do filme de 2015 Tangerine ou do documentário que ganhou um Óscar, Searching for Sugar Man – gravado em parte com um iPhone.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
E o melhor smartphone para gravar filmes de terror é…