Tecnologia

Empresa israelita ‘alerta’: milhões de iPhone e Samsung podem ser pirateados

iphone | Cellebrite

A tecnológica israelita Cellebrite volta a estar nas bocas do mundo e coloca pressão em duas das maiores tecnológicas da atualidade.

Se for verdade, então há milhares de milhões de smartphones vulneráveis: a empresa Cellebrite diz que consegue piratear qualquer versão do iPhone e também todas as versões dos smartphones topo de gama da Samsung. A informação foi destacada pela publicação Apple Insider.

De origem israelita, a Cellebrite é uma empresa de segurança informática conhecida por vender ferramentas às autoridades que permitem ganhar acesso a diferentes modelos de smartphones, mesmo que estejam protegidos com códigos de segurança.

A empresa atualizou recentemente a sua página online e diz que consegue extrair informações e bases de dados de todos os modelos do iPhone, incluindo os que têm a mais recente versão do software da Apple, o iOS 12.3, e também em modelos Android topo de gama, com destaque para os da Samsung.

Veja também | 40 aplicações que tem mesmo de instalar no seu smartphone

Segundo a descrição da empresa, a sua tecnologia permite ter acesso a dados de aplicações externas, a conversações de chat, emails que tenham sido descarregados para os smartphones e, no caso dos Android, até a conteúdos que tenham sido apagados do telemóvel.

Segundo a Apple Insider, apesar da tecnologia da Cellebrite colocar em risco um grande número de equipamentos, só é possível aceder aos dados dos smartphones através de acesso físico – isto é, quem usar a ferramenta tem de ter o modelo do iPhone ou da Samsung na mão.

Há muito que se especula que a Cellebrite foi a empresa contratada pelo Departamento Federal de Investigação dos EUA (FBI) para desbloquear o iPhone do terrorista de São Bernardino, equipamento que abriu uma guerra de privacidade entre o governo norte-americano e a Apple.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

Presidente executivo da TAP Antonoaldo Neves. Fotografia: NUNO FOX/LUSA

TAP faz emissão de dívida só para investidores institucionais

Outros conteúdos GMG
Empresa israelita ‘alerta’: milhões de iPhone e Samsung podem ser pirateados