Tecnologia

Especialista alerta: Está a carregar mal o seu smartphone e a estragar a bateria

Truques para salvar bateria smartphone

Empresa alemã considera que duas práticas muito comuns dos utilizadores podem não ser boas para o smartphone a longo prazo.

As questões são antigas: posso ou não carregar o smartphone toda a noite? E posso ou não deixar o smartphone ligado ao carregador mesmo depois de já ter a bateria cheia? Ao longo dos anos as respostas têm variado.

Desta vez é Dominik Schulte, diretor-geral da BatterieIngenieure, uma empresa alemã de consultoria na indústria das baterias, quem volta a lançar discussão. Segundo o executivo, muitos utilizadores estão a carregar mal os seus dispositivos móveis, o que pode estar a prejudicar o teu tempo de vida útil.

“Se vais carregar o smartphone até 100% e mantê-lo em 100% – mantendo-o a carregar ou carregando-o durante a noite – isto vai ter uma influência negativa no envelhecimento [da bateria]”, disse Dominik Schulte em entrevista à Business Insider.

Leia também | Dorme com o telemóvel ao lado da cama? Saiba porque não o deve fazer

As baterias de iões de lítio, aquelas que são usadas em smartphones, tablets e portáteis, começam a perder propriedades de armazenamento de energia ao fim de centenas de ciclos de carregamento – algo que acontece, sensivelmente, após dois anos de utilização de um equipamento.

Aquilo que Dominik Schulte quer dizer é que ao manter o smartphone ligado à corrente, mesmo já depois de estar carregado, isso tem um impacto no ciclo de vida útil da bateria.

Mas o Business Insider também falou com marcas de smartphones – Samsung, LG, Google – que desvalorizam a questão. “Esta mentalidade de que sobrecarregar ou carregar demasiadas vezes é má está bastante ultrapassada, tendo em conta as as baterias e tecnologias de carregamento atuais que é possível integrar nos dispositivos”, contrapôs Ronald Ho, gestor de projetos na Google.

Nota: artigo publicado originalmente em abril

Veja mais sobre tecnologia em insider.dn.pt

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Trabalhos de descarga de contentores no Porto de Sines, 12 de fevereiro de 2020. TIAGO CANHOTO/LUSA

Exportações com quebra de 17% na primeira metade do ano

Isabel Camarinha, líder da CGTP, fala aos jornalistas após audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém, em Lisboa, 30 de julho de 2020. (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

CGTP. Governo nega complemento a quem esteve em lay-off sem justificação

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Especialista alerta: Está a carregar mal o seu smartphone e a estragar a bateria