Imobiliário

Faz quase 4 horas de transportes públicos para evitar 3800 euros de renda

people-2569439_1920

A viagem faz-se de carro, autocarro e, finalmente, comboio.

Danny Finlay vive em Dixon, Califórnia, numa área rural. Todos os dias sai de casa pouco depois das 5:00 da manhã. À sua frente tem uma viagem de duas horas e 115 quilómetros até ao escritório. Trabalha numa empresa de recursos humanos em São Francisco.

A renda média de uma casa na cidade onde trabalha é de 3800 euros, pelo que Danny Finlay prefere realizar esta jornada diária. A viagem faz-se de carro, autocarro e, finalmente, comboio. Por semana, as despesas em combustível e transportes públicos rondam os 130 euros.

Leia também: 16 mil euros por metro quadrado. Conheça zona mais cara do mundo

Em Dixon, Danny Finlay vive com a família numa vivenda com três quartos e uma piscina. A renda? 1382 euros. Entre a renda da casa e as deslocações para o trabalho, o custo mensal é de 1902 euros. Aproximadamente metade do valor de uma renda em São Francisco.

Danny Finlay viveu em Los Angeles mas quando pensou em comprar casa, a escolha foi Dixon, a sua cidade natal. “Fazer este trajeto para o trabalho faz-nos poupar dinheiro para fazer outras coisas”, disse ao CNBC.

Leia também: As 18 cidades mais caras do mundo para se viver em 2018

Em São Francisco, de acordo com o portal financeiro SmartAsset, o custo total de viver na cidade é superior em 62% ao salário médio. Chamam-se “cidades superstar” e juntam-se a São Francisco, Nova Iorque e Los Angeles.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

BCP

BCP propõe distribuir 30 milhões em dividendos

Miguel Maya, CEO do Millennium Bcp.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Lucro do BCP sobe mais de 60% para 300 milhões em 2018

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Faz quase 4 horas de transportes públicos para evitar 3800 euros de renda