ensino

FCH-Católica aposta no ensino de Filosofia para crianças e jovens

Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (FCH-UCP) aposta na Pós-Graduação em Filosofia para Crianças e Jovens num novo formato de blended learning
Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (FCH-UCP) aposta na Pós-Graduação em Filosofia para Crianças e Jovens num novo formato de blended learning Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (FCH-UCP) aposta na Pós-Graduação em Filosofia para Crianças e Jovens num novo formato de blended learning

A FCH-Católica anunciou, em comunicado, que vai apostar no formato B-learning para a Pós-Graduação em Filosofia para crianças e jovens

O Blended Learning, mais conhecido por B-Learning, trata-se de uma modalidade de E-Learning com aprendizagem semi-presencial que resulta de uma tentativa de superar algumas das limitações de que o E-Learning padece.

O B-Learning também usa a informática e a Internet em seu benefício, mas tem o propósito de devolver ao tutor o seu papel tradicional. Com o intuito de ensinar metodologias de aplicação em sala de aula a todos aqueles que procuram uma formação especializada e certificada na área da filosofia para/com crianças e jovens, a Escola de Pós-Graduação e Formação Avançada da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (FCH-UCP) aposta na Pós-Graduação em Filosofia para Crianças e Jovens num novo formato de blended learning.

A Pós-Graduação apresenta um plano curricular que abrange aspetos fundamentais para quem pretende desenvolver trabalho nesta área: conhecimentos teóricos, de carácter técnico e metodológico, análise de casos práticos e simulações de oficinas. “De entre os seus objetivos, a Pós-Graduação em Filosofia para Crianças e Jovens (B-learning) pretende contribuir para estimular o pensamento crítico e formar a compreensão do mundo para o exercício de uma cidadania ativa e responsável de crianças e jovens”, defendem os coordenadores, Manuel Cândido Pimentel e Luís Lóia.

A modalidade foi pensada para o público que não reside em Lisboa ou que não consegue deslocar-se com facilidade à faculdade. Com início a 12 de outubro, este curso destina-se a detentores de licenciatura de todas as áreas, mas, em particular, da filosofia e da educação. As candidaturas encontram-se abertas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Imagem DVfinal

Uma ideia para o futuro de Portugal

José Galamba de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Seguradores. (PAULO SPRANGER/Global Imagens)

“Catástrofes mais frequentes vão tornar os seguros mais caros”

(Joao Silva/ Global Imagens)

Transição das rendas antigas acaba. Cem mil famílias vão pagar mais

Outros conteúdos GMG
FCH-Católica aposta no ensino de Filosofia para crianças e jovens