Desporto

Conheça a bola ‘mágica’ que Benfica (e Vitória) estreiam hoje na Liga

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

A Liga 2018/2019 começa esta sexta-feira e a bola que vai rolar tem tecnologia que permite melhor controlo em quaisquer condições climatéricas.

O nome promete magia e fantasia. A Nike Merlin (é esse o nome da bola da Liga 2018/19) pode não transformar um jogador mediano num mágico com a bola nos pés como ‘La Pulga Atómica’ Lionel Messi, a ‘Fera’ Cristiano Ronaldo ou o ‘mágico’ Ricardo Quaresma, mas ajuda.

A bola para o principal escalão do futebol português em 2018/19 integra assim a tecnologia All Conditions Control (ACC), além de ter um design avançado. E o que é que permite? Ajuda que exista um toque e controlo superiores em todas as condições climatéricas.

A Nike Merlin promete estar pronta para ventos fortes, chuvas intensas e até campos em pior estado, para diminuir os problemas dos futebolistas em situações caóticas. O objetivo é que os mágicos da bola possam desenvolver a sua arte mesmo quando as condições são más. Esta também será a bola da Liga inglesa, Liga espanhola e Liga italiana.

A nível de design a Nike apostou na cor branca como base e numa uma estrutura hexagonal em preto e vermelho. Estas cores, conjugadas, oferecem uma maior visibilidade captando a atenção dos jogadores ao mesmo tempo que os ajuda a identificar a velocidade e a trajetória da bola mais rapidamente.

A Nike criou uma superfície de impacto maior em toda a bola, reduzindo a construção tradicional de 12 para apenas quatro painéis. Esta nova estrutura permite ainda reduzir o número de costuras em 40%, eliminando zonas mais rígidas.

Entre outras novidades, a bola foi fabricada com uma câmara de látex (em vez da borracha tradicional) e envolvida em materiais patenteados para promover uma pressão de ar mais consistente e manter a sua forma. As ranhuras de gravação e as tintas 3D (projetadas para secar em níveis e locais que variam em milímetros) aumentam à medida que secam durante o processo de impressão, melhorando ainda mais a aerodinâmica e a sensação da bola.

Veja mais sobre tecnologia em insider.dn.pt

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Estado ‘devolve’ em deduções 60% do Adicional ao IMI que cobra

Amoreira Óbidos

Espanha desapareceu do mapa e França descobriu o velho oeste português

António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

EDP quer exportar tecnologia do maior parque eólico flutuante do mundo

Outros conteúdos GMG
Conheça a bola ‘mágica’ que Benfica (e Vitória) estreiam hoje na Liga