Tecnologia

Estas são as marcas que mais smartphones vendem em Portugal

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Números da consultora IDC revelam que apenas três marcas são responsáveis por 64% dos smartphones vendidos em Portugal.

O mercado de smartphones em Portugal está ao rubro: depois de largos trimestres em que a Samsung foi líder de mercado ‘inabalável’, a empresa sul-coreana começou a perder terreno para a rival Huawei no número de smartphones vendidos. Atualmente é a gigante chinesa a empresa que mais smartphones vende em território português.

Segundo dados da empresa de análise IDC, partilhados com o Dinheiro Vivo, a Huawei liderou as vendas de smartphones no primeiro trimestre do ano. A tecnológica comercializou 152 mil unidades, garantindo uma quota de mercado de 25% – ou seja, em cada quatro smartphones vendidos em Portugal, um é da Huawei. A marca chinesa aumentou o número de vendas em 27% quando comparado com o primeiro trimestre do ano anterior.

Quem saiu a perder foi a Samsung: ficou no segundo lugar, a poucas unidades da Huawei, tendo vendido 147 mil smartphones. Apesar de ter a mesma quota de mercado – 25% -, as vendas da Samsung caíram 18% no primeiro trimestre.

O diretor de pesquisa para comunicações móveis da IDC EMEA, Francisco Jerónimo, disse esta semana que o sucesso da Huawei justifica-se pelo portfólio equilibrado de dispositivos que apresenta.

Leia também | De Paris a Roma. Fomos ver se o Huawei P20 Pro tem mesmo a melhor câmara

“Apesar de continuarem a investir cada vez mais em produtos premium, continuam a ter uma média gama interessante. Por outro lado, continuam a investir nos pontos de venda e continuam a trabalhar com os retalhistas e com os operadores para que os telefones deles sejam, no fundo, escolhidos pelos consumidores quando vão à loja”, explicou.

Três marcas concentram 64% das vendas em Portugal
A luta entre a Huawei e a Samsung traz alguma dinâmica a um mercado que está muito concentrado nas mãos de apenas três empresas. No terceiro lugar das marcas que mais venderam ficou a Apple, com 84 mil unidades comercializadas e uma quota de mercado de 14%. As vendas da tecnológica norte-americana aumentaram 19% em comparação com o primeiro trimestre de 2017.

Estes valores revelam que os três maiores vendedores em Portugal representam, atualmente, 64% do total das vendas.

Segundo os dados da IDC, na quarta posição surge a Wiko – 41 mil unidades vendidas, 7% de quota e 25% de crescimento anual – e a quinta posição foi arrebatada pela Nokia – 38 mil unidades vendidas e uma quota de mercado de 6%.

Em declarações ao Dinheiro Vivo, o analista Francisco Jerónimo diz que nos próximos meses deverá haver mais mexidas no mercado, sobretudo provocadas pela entrada da Xiaomi. “É provavelmente o fabricante que vai afetar mais a Samsung e também a Huawei durante este ano”, defendeu.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O ministro das Finanças, Mário Centeno (E), entrega a proposta de Orçamento de Estado para 2019 ao presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues (R), no parlamento, Lisboa, 15 de outubro de 2018.  MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Em direto: As principais linhas do Orçamento do Estado para 2019

Rosalia Amorim

Opinião OE2019. “Mais cedo ou mais tarde chegará”

Outros conteúdos GMG
Estas são as marcas que mais smartphones vendem em Portugal