Tecnologia

Estas são as marcas que mais smartphones vendem em Portugal

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Números da consultora IDC revelam que apenas três marcas são responsáveis por 64% dos smartphones vendidos em Portugal.

O mercado de smartphones em Portugal está ao rubro: depois de largos trimestres em que a Samsung foi líder de mercado ‘inabalável’, a empresa sul-coreana começou a perder terreno para a rival Huawei no número de smartphones vendidos. Atualmente é a gigante chinesa a empresa que mais smartphones vende em território português.

Segundo dados da empresa de análise IDC, partilhados com o Dinheiro Vivo, a Huawei liderou as vendas de smartphones no primeiro trimestre do ano. A tecnológica comercializou 152 mil unidades, garantindo uma quota de mercado de 25% – ou seja, em cada quatro smartphones vendidos em Portugal, um é da Huawei. A marca chinesa aumentou o número de vendas em 27% quando comparado com o primeiro trimestre do ano anterior.

Quem saiu a perder foi a Samsung: ficou no segundo lugar, a poucas unidades da Huawei, tendo vendido 147 mil smartphones. Apesar de ter a mesma quota de mercado – 25% -, as vendas da Samsung caíram 18% no primeiro trimestre.

O diretor de pesquisa para comunicações móveis da IDC EMEA, Francisco Jerónimo, disse esta semana que o sucesso da Huawei justifica-se pelo portfólio equilibrado de dispositivos que apresenta.

Leia também | De Paris a Roma. Fomos ver se o Huawei P20 Pro tem mesmo a melhor câmara

“Apesar de continuarem a investir cada vez mais em produtos premium, continuam a ter uma média gama interessante. Por outro lado, continuam a investir nos pontos de venda e continuam a trabalhar com os retalhistas e com os operadores para que os telefones deles sejam, no fundo, escolhidos pelos consumidores quando vão à loja”, explicou.

Três marcas concentram 64% das vendas em Portugal
A luta entre a Huawei e a Samsung traz alguma dinâmica a um mercado que está muito concentrado nas mãos de apenas três empresas. No terceiro lugar das marcas que mais venderam ficou a Apple, com 84 mil unidades comercializadas e uma quota de mercado de 14%. As vendas da tecnológica norte-americana aumentaram 19% em comparação com o primeiro trimestre de 2017.

Estes valores revelam que os três maiores vendedores em Portugal representam, atualmente, 64% do total das vendas.

Segundo os dados da IDC, na quarta posição surge a Wiko – 41 mil unidades vendidas, 7% de quota e 25% de crescimento anual – e a quinta posição foi arrebatada pela Nokia – 38 mil unidades vendidas e uma quota de mercado de 6%.

Em declarações ao Dinheiro Vivo, o analista Francisco Jerónimo diz que nos próximos meses deverá haver mais mexidas no mercado, sobretudo provocadas pela entrada da Xiaomi. “É provavelmente o fabricante que vai afetar mais a Samsung e também a Huawei durante este ano”, defendeu.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Margarida Matos Rosa, presidente da Autoridade da Concorrência

Tiago Petinga/Lusa

Concorrência acusa 5 seguradoras e 14 administradores de formarem um cartel

Turismo. Fotografia: REUTERS/Nacho Doce

Excedente comercial nacional afunda mais de 68% no 1º semestre

empresas

Quando o nome de família trava o crescimento das empresas

Outros conteúdos GMG
Estas são as marcas que mais smartphones vendem em Portugal