arquitetura

Estúdio de arquitetura português vence prémio mundial

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

O SUMMARY, estúdio português de arquitetura, conquistou o prémio internacional Red Dot Award, em Singapura, na categoria “habitat”

O estúdio português de arquitetura, SUMMARY, venceu o prémio internacional Red Dot Award: Design Concepts na categoria “habitat”. Agora o projeto vai estar em exposição no Red Dot Museum, em Singapura.

SUMMARY, é uma startup incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, e o seu trabalho já tinha sido reconhecido internacionalmente, em 2016, ao ser selecionado para integrar a exposição principal da Bienal de Arquitetura de Veneza. Nesse evento, o atelier apresentou uma instalação original a convite do curador da exposição, o arquiteto chileno Alejandro Aravena, vencedor do prémio Pritzker.

Agora o jovem estúdio de arquitetura vê reconhecido o seu projeto “Gomos Building System”, um sistema modular “inovador que permite construir edifícios de betão armado em tempo recorde. Neste sistema evolutivo cada um dos módulos sai da fábrica finalizado, incluindo todos os acabamentos interiores e exteriores, isolamentos, caixilharias, instalações de água e eletricidade e até as peças de mobiliário fixas”. A montagem do edifício in loco é feita em três dias, juntando todos os módulos, revelam.

O “Gomos Building System” vai estar exposto em Singapura, até final de janeiro de 2018, no Red Dot Award, um dos maiores e mais prestigiados concursos de design a nível mundial, premiando anualmente projetos de design de alta qualidade que combinem inovação e tecnologia em diferentes categorias. O júri do prémio descreveu o projeto como “uma reinterpretação revolucionária da forma como se criam edifícios, um sistema modular disruptivo na simplificação e na redução do tempo de construção.”

Samuel Gonçalves, fundador do SUMMARY, frisa que esta “é a primeira vez que o atelier tem a oportunidade de mostrar o seu trabalho na Ásia”. Deste modo, “abre-se assim um espetro alargado de novas oportunidades, num continente onde o crescimento populacional acelerado reforça a necessidade de novas soluções arquitetónicas para construir com mais rapidez e eficácia”, acrescenta.

O primeiro edifício construído com este sistema modular, uma pequena habitação de 80 metros quadrados, foi montado em Arouca. Atualmente, o atelier tem já em curso novos projetos com a utilização deste sistema, entre os quais um edifício de habitação coletiva e serviços e um centro de inovação.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Estúdio de arquitetura português vence prémio mundial