smartphones

Novo smartphone da low-cost da Huawei esgota em 24 horas

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

A Honor, submarca da Huawei, apresentou na quinta-feira o novo Honor 10. Em 24 horas, a marca já vendeu mais de 80 mil smartphones na Europa.

São vendidos exclusivamente através da Internet e costumam apresentar características muito semelhantes aos modelos topo de gama da chinesa Huawei.

Esta quinta-feira, a Honor fez chegar ao mercado europeu o Honor 10, que se quer aproximar do Huawei P20, o atual topo de gama da marca. Em 24 horas, o Honor 10 está a registar um número de vendas considerável, segundo referiu a Huawei ao site GSMArena.

A marca não especifica qual o número total de unidades vendidas no continente europeu, mas refere que pelo menos “cerca de 80 mil clientes utilizaram um cupão de desconto” para adquirir o smartphone. O fabricante divulgou ainda mais dados sobre o desempenho de vendas do smartphone, em alguns países da Europa: em Espanha, este terminal terá ficado esgotado em cerca de seis horas.

No que toca a características, este Honor 10 utiliza o processador octa-core Kirin 970, o mesmo que é utilizado nos topos de gama Huawei P20 e P20 Pro. Com um ecrã de 5,84 polegadas, com resolução 1080 x 2280 pixeis, o smartphone conta com uma moldura reduzida e segue a tendência de mercado do notch (ou entalhe), também presente no P20 da Huawei.

Como é habitual, a Honor faz chegar ao mercado duas versões diferentes no que toca a RAM: uma versão com 4 GB e outra com 6 GB; também há diferenças naquilo que diz respeito ao armazenamento interno: é disponibilizada uma versão com 64GB e outra com 128GB. A autonomia da bateria é de 3400 mAh.

Este Honor conta com uma câmara dupla 16 MP (f/1.8) e 24 MP, que recorre à inteligência artificial para conseguir aplicar as definições mais adequadas a cada motivo para fotografar. Já a câmara frontal conta com 24 MP.

O Honor 10 está situado numa faixa de preços entre os 400 e os 500 euros, dependendo da combinação de memória e armazenamento interno. Ainda que a câmara não tenha as mesmas ambições do flagship da Huawei, as características são semelhantes, mas com a diferença do preço: o P20 situa-se nos 700 euros.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: José Carlos Pratas

CGA: desequilíbrio entre trabalhadores e aposentados agrava-se

A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Nazaré Costa Cabral. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

Governo volta a negar informação ao Conselho das Finanças Públicas

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Centeno assegura clarificação das dúvidas do BCE

Outros conteúdos GMG
Novo smartphone da low-cost da Huawei esgota em 24 horas