moda

São ténis de luxo. Rasgados. Custam 1400 euros

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

A proposta é da casa de luxo francesa Maison Margiela, sob a direção criativa de John Galliano desde 2014.

São ténis de luxo. Rasgados e custam 1400 euros. É a proposta da casa de moda francesa Maison Margiela com o modelo Future Destroyed High-Top Sneakers.

A casa de alta costura, desde 2014 sob a direção criativa de John Galliano, reinterpretou o modelo de ténis high top preferido por celebridades como Kanye West ao ponto de o marido de Kim Kardashian ter dificuldade em reconhecer o seu modelo favorito.

Leia ainda: Hermès: A marca sem departamento de marketing que inventou a lista de espera

A marca de luxo francesa, fundada pelo designer belga Martin Margiela, não é a única a optar por avançar para o mercado com opções que testam os limites de até onde os consumidores estão dispostos a dar por uma marca de luxo. É o caso da Vetements que lançou, em parceria com a Reebook, o modelo Instapump Fury. O modelo, com uma série de rabiscos (quase como desenhos de crianças), tinha um preço de venda ao público de 760 dólares.

Veja também: Todos os techies o querem. Ténis da LV são os mais procurados em Silicon Valley

Em outro segmento, os dos sacos de luxo, a Balenciaga relançou este ano uma réplica do saco Frakta da Ikea. Em Portugal, o saco da cadeia sueca está à venda por 70 cêntimos. O saco da Balenciaga custa cerca de 2 mil dólares.

Leia ainda: Ikea responde a Balenciaga. Para quê uma cópia, se pode ter o original

 

Fundada em Paris em 1988 pelo designer belga Martin Margiela, a marca ganhou em 2012 o título de alta costura da Féderation Française de la Couture para a sua coleção Artisanal. Com oferta para homem e mulher, a casa de alta costura está desde 2014 sob a direção criativa do designer britânico John Galliano.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A administradora delegada da Media Capital, Rosa Cullell (E), acomapnhada pelo CEO da Altice Media, Alain Weill (2-E), do CEO do Grupo Altice, Michel Combes (2-D), e do Chairman e CEO da Portugal Telecom, Paulo Neves (D), fala durante uma conferência de imprensa sobre a compra da Altice sobre o grupo Media Capital,. Fotografia: ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Compra da TVI pelo Meo pode “criar entraves significativos à concorrência”

O ministro das Finanças, Mário Centeno (E), acompanhado por Carlos Tavares (D), antigo presidente da CMVM, durante a sessão de apresentação pública do relatório do Grupo de Trabalho para a Reforma do Modelo de Supervisão Financeira. (ANDRÉ KOSTERS/LUSA)

Belém e Parlamento terão de validar novo governador do Banco de Portugal

Cristina Casalinho, presidente do IGCP. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens

Casalinho quer alongar pagamento da dívida para evitar picos de reembolsos

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
São ténis de luxo. Rasgados. Custam 1400 euros