Tecnologia

WhatsApp prestes a ganhar funcionalidade das mais desejadas

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

‘Dark mode’ deverá chegar com a nova versão beta do WhatsApp.

Tem sido uma tendência no mundo das aplicações e era há muito pedido pelos utilizadores do WhatsApp. A nova versão beta do WhatsApp está prestes a ficar mais escura, com a chegada do ‘dark mode’.

Leia também o artigo Novas imagens do próximo iPhone mostram mudança radical

Esta novidade foi detetada pelo site WABetaInfo, que mostra capturas de ecrã em que é possível ver o aspeto deste modo escuro no WhatsApp. Segundo o site, trata-se da versão beta da aplicação, a versão 2.19.82.

Fonte: WABetaInfo

Fonte: WABetaInfo

As imagens mostram que este modo escuro estará a ser testado para vários ecrãs da aplicação de troca de mensagens. Ainda assim, fica por conhecer o aspeto deste modo escuro no ecrã das conversas – o mais usado durante a utilização do WhatsApp.

O modo escuro tem conquistado fãs ao longo do tempo pelo facto de consumir menos energia, especialmente em ecrãs AMOLED e OLED. Nos últimos tempos, têm sido várias as aplicações a introduzir o modo escuro nos seus produtos – um dos casos mais recentes é o Messenger do Facebook (embora seja preciso recorrer a um truque).

Outra das possibilidades desta nova versão beta é também especialmente útil para quem recebe ficheiros de áudio através do WhatsApp: passa a ser possível saber qual é o nome do ficheiro áudio que está a ser reencaminhado.

Vale a pena recordar que se trata de uma versão beta da aplicação – ainda sem eventual data de disponibilidade destas funcionalidades para todos os utilizadores.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EUA China

China retalia na ‘guerra’ com os EUA com tarifas em 75 mil milhões de bens

Emmanuel Macron, presidente francês. Fotografia: Direitos Reservados

Fogos na Amazónia: França e Irlanda ameaçam bloquear acordo com Mercosul

O ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, intervém durante uma conferência de imprensa para fazer o ponto de situação sobre a crise energética, no Ministério do Ambiente e da Transição Energética, em Lisboa, 13 de agosto de 2019. JOÃO RELVAS / LUSA

Ministro do Ambiente: “Há cada vez mais condições” para que greve não aconteça

Outros conteúdos GMG
WhatsApp prestes a ganhar funcionalidade das mais desejadas