Hyperloop. O futuro do transporte já chegou à Europa

A HyperloopTT anunciou a chegada dos primeiros tubos para transporte de passageiros no inovador sistema Hyperloop. Veja as fotos e o vídeo.

Chama-se Hyperloop Transportation Technologies (HyperloopTT), é uma empresa californiana que desenvolve há alguns anos o transporte dentro de tubos imaginado por Elon Musk e começou agora a implementar a tecnologia em Toulouse, França. Os primeiros tubos para transporte de passageiros e carga chegaram a semana passada ao centro europeu de pesquisa e desenvolvimento – que só estará pronto em 2019.

Os tubos são de aço, têm 4 metros de diâmetro no interior e têm um sistema otimizado para transportar passageiros e carga. A primeira fazer só terá 320 metros de comprimento e estará operacional já este ano.

A segunda fase do projeto em França terá já 1 km de comprimento, estará à superfície e com uma elevação de 5,8 metros do chão e, garante a empresa, estará completo em 2019.

Ambos os sistemas podem ser aumentados e melhorados e vão ser utilizados e testados pela HyperloopTT e por empresas parceiras do projeto. A cápsula que será utilizada dentro dos tubos para transporte de passageiros está quase pronta e está a ser produzida na localidade de Carbures, em Espanha – está previsto ser entregue em Toulouse durante o verão, para integração dentro dos tubos. Com velocidade máxima de 1126 km/h, este sistema promete ser substituto perfeito para os sistemas de metro e comboio ou mesmo avião - pode ver na fotogaleria em cima o formato futurista que a cápsula vai assumir no futuro.

“Há cinco anos que nos passámos a dedicar a resolver os problemas mais atuais do transporte: eficiência, conforto e velocidade. Hoje damos um passo importante para atingir esse objetivo”, explicou em comunicado o CEO da empresa, Dirk Ahlborn. O responsável garante que a sua empresa não procura só bater recordes de velocidade e acredita que esta é a “grande oportunidade para criar um sistema de transporte de passageiros sem paralelo, mais eficiente e seguro”.

Sistema inovador já tem seguro na Europa

Bibop Gresta, chairman da HyperloopTT garante que o projeto veio para ficar e já tem garantia de ter seguro para o uso nas cidades europeias, pela companhia Munich RE. “Temos acordos em nove países para desenvolver esta tecnologia e estamos a trabalhar em exequibilidade e em regulamentação”, indica Gresta, que recorda que a inovação irá vir do centro de pesquisa para carga do Brasil e do centro de pesquisa para transporte em larga escala passageiros de Toulouse, em França. “Hyperloop já não é só com conceito, está a tornar-se numa indústria comercial”.

A empresa fundada em 2013 tem uma equipa global com mais de 800 engenheiros e criativos, com 40 empresas e universidades como parceiras. A sede é em Los Angeles e tem acordos com países como a Eslováquia, Abu Dhabi, República Checa, França, Indonésia, Coreia do Sul e Brasil.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de