Tecnologia

Instagram passa a esconder contagens de ‘likes’ em mais países

Instagram aposta cada vez mais em esconder contagens de ‘likes’

O Instagram está a testar um modelo em que as contagens de ‘likes’ não são visíveis. Esta semana, é anunciado que o projeto vai chegar a mais países.

Tudo começou no Canadá, em maio, no formato de teste. Era possível aos utilizadores escolherem se querem ter o número de ‘gostos’ visíveis ou não, indicou a rede social, na altura. Pelos vistos, há interesse em alargar este teste a mais países, conforme explica o anúncio mais recente. As contagens de ‘likes’ vão ser escondidas em territórios como a Irlanda, Japão, Itália, Brasil, Austrália ou Nova Zelândia.

Em linhas muito gerais, esta funcionalidade permite que os utilizadores escondam dos perfis as contagens de ‘likes’, tanto no feed como dentro dos perfis. Para o dono da conta, os ‘likes’ continuam a estar visíveis, se o utilizador tocar na lista de nomes de seguidores.

Em maio, o Instagram explicava que este teste tinha como intuito “levar as pessoas a focarem-se nas foto e vídeos que partilham e não no número de ‘likes’ que conseguem ter”.

Leia também | Quer saber quem andou a ver o seu perfil no Instagram? Esta aplicação diz-lhe

Através do Twitter, a rede social explica “estar ansiosa para aprender como é que esta mudança pode afetar a experiência de todos no Instagram”.

Ao longo dos anos de expansão do Instagram, têm sido vários os estudos que apontam a rede social como uma má influência para a saúde mental dos mais jovens.

A rede social tem apostado em estratégias para garantir que o Instagram é usado de uma forma mais saudável, como a inclusão de filtros anti-bullying, por exemplo. No entanto, a pressão do ‘like’ continua a falar mais alto, em muitos casos. Resta agora saber se este teste chegará a mais países ou quando passará a ser uma funcionalidade ‘à séria’ do Instagram.

Leia mais sobre tecnologia em Insider.dn.pt

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

( Álvaro Isidoro / Global Imagens )

Motoristas de matérias perigosas marcam nova greve para início de setembro

O advogado e porta-voz do sindicato nacional dos motoristas, Pardal Henriques. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Pardal Henriques foi a personalidade mais mediática da greve

Outros conteúdos GMG
Instagram passa a esconder contagens de ‘likes’ em mais países