Instagram

Já pode comprar artigos da Adidas à Louis Vuitton no Instagram Stories

compras-em-stories

Nova ferramente permite comprar no Instagram Stories roupa e acessórios com um leque variado de lojas diponíveis.

Agora já é possível comprar artigos de moda através do Instagram Stories. Começou por ser uma ferramenta apenas disponível no feed, mas com o sucesso do formato Stories nesta rede social, pode então realizar a comprar dentro da aplicação.

Para o fazer, basta clicar no artigo de que gosta, o que irá abrir diretamente a página onde pode concretizar a compra. Há ainda a opção de ver o produto no site oficial da loja em questão. Esta nova ferramenta está disponível para sistemas operativos iOS e Android.

De acordo com o Instagram existem várias marcas disponíveis que aderiram a esta nova modalidade do Stories, entre as quais, Adidas e Louis Vuitton. A criação desta ferramenta segue as indicações de um estudo recente feito pelo Facebook, que concluiu que os utilizadores muitas vezes acediam à página de Instagram e respetivas Stories das lojas para conhecerem os seus produtos. É por lá que pesquisam quais são as tendências de moda atuais.

O Stories do Instagram permite aos utilizadores contar uma pequena história, que fica disponível durante 24 horas. Esta função tem tido muito sucesso e chegou já aos 300 milhões de utilizadores por dia, por a ser uma maneira diferente de comunicar. É possível utilizar-se GIF (imagens animadas), memes, ‘stickers‘ e efeitos em vídeo ou fotografia.

As marcas já adotaram o sistema do Stories para exporem os seus produtos há algum tempo, com o objetivo de darem a conhecer os seus produtos aos utilizadores. De acordo com o Instagram esta ferramenta irá contar com a adesão de mais empresas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Orçamento suplementar mantém despesa de 704 milhões de euros para bancos falidos

Jorge Moreira da Silva, ex-ministro do ambiente

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Acordo PS-PSD. “Ninguém gosta de um planalto ideológico”

Mario Draghi, presidente do BCE. Fotografia: Reuters

Covid19. “Bazuca financeira tem de fazer mira à economia, desigualdades e clima”

Já pode comprar artigos da Adidas à Louis Vuitton no Instagram Stories