Futebol

Liga espanhola punida por app com acesso ao microfone dos utilizadores

app messi

A instituição de proteção de dados de Espanha (AEPD), o equivalente à Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) portuguesa, multou a Liga espanhola com 250.000 euros por espionagem aos utilizadores de forma indevida através da sua app móvel oficial.

A aplicação da La Liga, que tem quatro milhões de utilizadores em Espanha e tem os resultados e pormenores dos jogos da liga espanhola, de acordo com a AEPD estaria a usar o microfone dos telemóveis em que estava instalada para tentar detetar a transmissão pirata de jogos oficiais através de um sistema criado para o efeito.

A AEPD não condenou a La Liga por ter esta tecnologia, mas sim por não ter informado os utilizadores do uso que estava a fazer. A app”ouviu” o que estava acontecendo ao redor do telefone durante os horários de transmissão do jogo.

A La Liga contesta esta punição e anunciou que vai recorrer, com o argumenta que a aplicação não guardou o som e que solicitou ao utilizador permissão para aceder aos dados do microfone de cada telemóvel, um passo que o AEPD considerou muito pouco claro.

O Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), que entrou em vigor há um ano em toda a União Europeia, exige que os responsáveis de serviços tenham o consentimento “livre, claro e informado” dos utilizadores antes da recolha de qualquer tipo de dados. Apesar do recurso, a La Liga indicou que irá remover o sistema da app que tem acesso ao microfone do telemóvel dos utilizadores.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

LUÍS FORRA/LUSA

Dia 7. Termina greve dos motoristas

Francisco São Bento, presidente do SNMMP. Foto: Sara Matos/Global Imagens

Cinco momentos chave numa greve de sete dias

Outros conteúdos GMG
Liga espanhola punida por app com acesso ao microfone dos utilizadores