Coronavírus

Rei dos Leitões com serviço de take away e entregas ao domicílio

rei dos leitoes

Entregas gratuitas no raio de 10 quilómetros ou até 30 quilómetros em encomendas acima de 100 euros

O Rei dos Leitões, conceituado restaurante da Mealhada, está a fazer entregas ao domicílio. Não só de comida, e são mais de duas dezenas de opções disponíveis na carta, mas, também, de vinhos. Para quem preferir, está, também, disponível o serviço de take away.

As entregas são gratuitas num raio de 10 quilómetros, ou até 30 quilómetros no caso de encomendas acima de 100 euros, e estão disponíveis diariamente, das 12h00 às 19h00, exceto à terça-feira à tarde e à quarta-feira, todo o dia. Mas o restaurante faz entregas em todo o país. Aliás, desde que implementou o serviço, a 12 de março, que já fez chegar a sua gastronomia a variados clientes, de Aveiro, Anadia, Mealhada, Luso, Coimbra, Fátima e Lisboa.

Hoje foram fazer duas entregas ao Algarve e aproveitaram para oferecer um ‘Leitão à Bairrada’ aos médicos bairradinos que estão ao serviço do Hospital de Faro. No domingo, em conjunto com a empresa Duarte da Cruz & Lopes, um dos seus parceiros no fornecimento de leitões, ofereceram 80 refeições aos profissionais da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada.

Gambas ao alho ou cozidas, lulinhas fritas ou petinga frita nas entradas; polvo à lagareiro, bacalhau no forno, risotto de lavagante, lombinhos de vitela ou plumas de porco ibérico, nos pratos principais e pudim abade priscos ou o Melhor Bolo de Chocolate do Mundo são algumas das 21 opções da carta do Rei dos Leitões. Sem esquecer, naturalmente, o Leitão à Bairrada. Os pedidos por ser feitos por telefone (968 123 084) ou e-mail (reidosleitoes@reidosleitoes.com.pt).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus turismo turistas

ISEG. Recessão em Portugal pode chegar a 8% este ano

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. JOÃO RELVAS/LUSA

Pedidos de lay-off apresentados por 33.366 empresas

coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Rendimento básico incondicional? “Esperamos não ter de chegar a esse ponto”

Rei dos Leitões com serviço de take away e entregas ao domicílio