Tecnologia

Samsung adia lançamento do seu novo topo de gama por problemas no ecrã

Samsung Galaxy Fold

Problemas com o ecrã do smartphone dobrável estão na origem da decisão. Empresa está à analisar unidades do Galaxy Fold que foram devolvidas.

A Samsung vai adiar o lançamento do Galaxy Fold, o primeiro smartphone dobrável a ser apresentado por uma das principais marcas do mercado. A notícia, primeiro avançada pelo The Wall Street Journal, foi agora confirmada pela empresa em comunicado oficial.

“Decidimos adiar o lançamento do Galaxy Fold. Nas próximas semanas iremos revelar a nova data de lançamento”, sublinha a gigante sul-coreana.

O smartphone com ecrã dobrável tinha estreia marcada para esta sexta-feira, 26 de abril, nos EUA, e a 3 de maio, em alguns mercados europeus, mas alguns relatos de problemas com os ecrãs do dispositivo levaram à tomada desta decisão.

O anúncio chega alguns dias depois de nos EUA ter estalado a polémica em torno dos problemas de ecrã que o Galaxy Fold tem apresentado. Alguns jornalistas e youtubers relataram problemas com o smartphone de ecrã dobrável – uns pela falta de resistência, outros pela falta de comunicação da Samsung relativamente a uma película que cobre o dispositivo.

“Uma primeira análise às questões reportadas sobre o ecrã revelou que estas podem estar relacionadas com as áreas expostas da dobradiça. Em alguns casos, foram encontradas substâncias dentro do dispositivo que afetaram o desempenho do ecrã”.

A empresa revelou ainda que vai tomar algumas medidas adicionais para evitar problemas no Galaxy Fold. “Vamos tomar medidas no sentido de reforçar a proteção do ecrã. Vamos também melhorar as nossas recomendações sobre o cuidado e a utilização do ecrã, incluindo da camada protetora”, lê-se na nota enviada às redações.

Antes da confirmação do adiamento do lançamento do smartphones, os eventos de lançamento do Galaxy Fold em Espanha, China e Singapura já tinham sido cancelados.

Leia também | Fino, inovador e… dobrável. Primeiras impressões do Huawei Mate X

O Samsung Galaxy Fold é uma das grandes apostas da empresa sul-coreana para o ano de 2019. Revelado em fevereiro, o equipamento foi apresentado como a próxima etapa evolutiva no ecossistema de dispositivos móveis, juntando o tamanho generoso dos tablets à portabilidade dos smartphones.

A polémica não tem, para já, efeito no mercado português, pois Portugal ficou fora do grupo de primeiros países que iriam receber o Galaxy Fold já a partir de 26 de abril. O preço do smartphone nos mercados europeus vai começar nos 2.000 euros.

* Artigo atualizado com a confirmação oficial da Samsung sobre o adiamento do Galaxy Fold

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: REUTERS/Brendan McDermid

Principais bancos em Portugal vão continuar a reduzir exposição ao imobiliário

Fotografia: REUTERS/Brendan McDermid

Principais bancos em Portugal vão continuar a reduzir exposição ao imobiliário

SaudiAramco

Petrolífera Aramco consegue maior entrada em bolsa da história

Outros conteúdos GMG
Samsung adia lançamento do seu novo topo de gama por problemas no ecrã