smartphones

Samsung lança o smartphone dobrável Fold por 2 mil euros

Samsung Fold
Samsung Fold

Após vários ‘leaks’ e revelações na Internet, a Samsung já oficializou os novos modelos da sua linha Galaxy – incluindo o já aguardado Samsung Fold.

Multitasking em até três aplicações, continuidade entre apps e 12 GB de RAM são algumas das novas características deste telefone.

Ao décimo ano de vida, a família cresceu… e agora até se pode dobrar. Com eventos em simultâneo, divididos entre São Francisco, nos Estados Unidos, e Londres, em Inglaterra, a marca sul-coreana oficializou o Samsung Fold, que já fazia correr muitos caracteres pela Internet fora.

Trazer para um mercado um telefone dobrável, que quer juntar um “smartphone, tablet e uma câmara”, como anuncia os responsáveis da Samsung, criou sérios desafios e implicou mudanças à estrutura habitual de construção de um smartphone. Quando está em modo de smartphone, o Fold é um telefone de 4,6 polegadas. Quando o utilizador quiser mais espaço de ecrã, transforma-se num tablet de 7,3 polegadas.

“Como é que se constrói uma bateria para um smartphone que se dobra? Constroem-se duas baterias”, anuncia a Samsung. E este não foi o único desafio – também foi necessário criar um sistema de dobradiça capaz de fazer frente aos testes de stress.

Dz3x0n3WwAEnB3R

Este novo smartphone conta com seis câmaras, distribuídas pelo corpo do smartphone: duas na parte frontal do telefone, duas nas laterais e ainda outras duas câmaras na parte traseira do smartphone.

A funcionalidade de ‘app continuity’ permitirá alternar entre o modo habitual de smartphone para tablet. Num dos exemplos dados pela marca, a adaptação foi feita ao usar o Google Maps – no modo smartphone, vê uma determinada parte do mapa. Ao “abrir” o smartphone, é como se a área do mapa tivesse crescido.

Este smartphone conta com 12 GB de RAM e 512 GB de armazenamento – a marca sul-coreana refere que “dedicou especial atenção à performance”.

Nem todos os consumidores vão conseguir embarcar neste comboio dos smartphones dobráveis. Como seria de esperar, ter um dos primeiros modelos de telefones dobráveis implicar abrir os cordões à bolsa – os preços do Samsung Fold arrancam nos dois mil euros, a partir do dia 3 de maio.

Mais conteúdos de tecnologia em Insider.dn.pt

*A jornalista viajou para Londres a convite da Samsung

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lisboa casas turismo salarios portugal

Taxa de juro do crédito à habitação cai para 1%

Lisboa, 18/02/2020 - Plenário da Assembleia da República - Debate quinzenal com o primeiro ministro.
Primeiro Ministro António Costa com os restantes ministros que compõem o governo.
Jerónimo de Sousa - PCP
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Jerónimo avisa Costa que “sem aumentos salariais” os “problemas vão aumentar”

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C), acompanhado pelo ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno e pelo presidente da CP, Nuno Freitas (E), na assinatura do contrato de serviço público entre o Estado e a CP, na Estação do Rossio, em Lisboa, 28 de novembro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

CP escapa a multas por atraso no contrato de serviço público

Samsung lança o smartphone dobrável Fold por 2 mil euros