Carreiras

Ser youtuber profissional é uma aspiração das crianças

Torne-se num youtuber

A Lego entrevistou milhares de crianças e descobriu que têm novos sonhos para o futuro. Ser "youtuber" profissional é uma das aspirações.

O que queres ser quando fores grande? A esta pergunta, as crianças do futuro já não vão responder “bombeiro” ou “astronauta”. Por outro lado, há grande probabilidade de quererem ser “Youtubers” profissionais ou “Vlogers”. Esta é também a conclusão do mais recente estudo feito pela Lego, citado pela CNBC.

A empresa das famosas peças de plástico coloridas entrevistou 3 mil crianças entre os 8 e os 12 anos, e 326 casais com filhos entre os 5 e os 12 anos, residentes no Reino Unido, China e EUA. No total, quase um terço das crianças responderam que queriam ser “youtubers” e apenas 11% referiu o clássico sonho de vir a ser astronauta.

As aspirações para o futuro variaram em cada uma destes três lugares no mundo, revela o estudo. Pelo contrário, o sonho de conquistar o espaço é a maior aspiração de mais de metade das crianças chinesas, contra cerca de apenas 10% no Reino Unido e nos EUA. Nestes dois países, a maior parte das crianças ambiciona ser “vlogger” (video blogger) ou “youtuber”.

Leia também: Teckies. Robôs preparam crianças para as novas profissões digitais

Segundo o estudo, nos EUA e no Reino Unido, as aspirações para o futuro passam ainda pela carreira de professor, atleta profissional e músico.

Na China, três em cada quatro crianças acredita que poderemos vir a habitar outro planeta, refere o questionário. Quando questionadas sobre a curiosidade em visitar o Espaço, 95% das crianças na China respondeu afirmativamente, quase 70% nos EUA e 63% no Reino Unido.

Apesar das novas profissões do futuro, trazidas pela tecnologia e pelas redes sociais, os sonhos não vão sendo muito diferentes. Médico, veterinário, polícia ou engenheiro, continuam a ser algumas das profissões mais comuns no imaginário das crianças.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Poupança das famílias subiu no 2º trimestre

Deco pede medidas urgentes para travar crédito ao consumo

Elisa Ferreira, António Costa. Fotografia: Álvaro Isidoro/Global Imagens

Elisa Ferreira. Minas de lítio têm de “compensar impacto ambiental”

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira (E), e a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D). Fotografia: ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo deixa cair referencial geral para aumento de salários

Ser youtuber profissional é uma aspiração das crianças