streaming

Stranger Things terá 4ª temporada. Série ‘rainha’ da Netflix de volta em 2021

Em apenas quatro dias, a terceira temporada de Stranger Things foi vista por 40,7 milhões de contas.
Em apenas quatro dias, a terceira temporada de Stranger Things foi vista por 40,7 milhões de contas.

É uma série que coleciona fãs e recordes para a plataforma de streaming. Netflix confirma acordo para 4ª temporada de Stranger Things

O valor do acordo não é certo, mas a Netflix anunciou esta segunda-feira não só que vai avançar uma quarta temporada da sua série ‘rainha’, Stranger Things, bem como um contrato mais amplo para outros conteúdos (filmes e séries) com os criadores da série de culto, os irmãos Duffer.

“Os Duffer Brothers cativaram audiências pelo mundo inteiro com Stranger Things e estamos emocionados por expandir a nossa relação para trazer a sua vívida imaginação a outros projetos de filmes e séries que os nossos membros vão adorar” disse Ted Sarandos, Chief Content Officer da Netflix, em comunicado.

Sobre Stranger Things, depois de uma estreia pouco mediática em 2016 – embora incluísse o regresso de Winona Rider -, a série passada em plena década de 1980, num localidade fictícia dos EUA e onde crianças são as protagonistas apaixonou audiências e tornou-se numa das ‘bandeiras’ da Netflix, trazendo de novo para a ribalta referências a séries, filmes, jogos e outros pormenores da cultura daquela década, isto no meio de uma base sobrenatural.

Já em julho, nos primeiros quatro dias após a estreia da terceira temporada da série, foi batido um recorde na Netflix, com 40,7 milhões de contas a visionarem Stranger Things.

Sobre o que esperar da nova temporada, o trailer apresentado agora não é claro, mas dá uma informação preciosa: a produção vai oficialmente sair da cidade central da série, Hawkings. Tudo indica a nova temporada, que ainda não começou a ser escrita, só deve estrear já em 2021.

O comunicado da Netflix deixa ainda a reação dos irmãos Duffer: “Estamos muito entusiasmados por poder continuar a nossa relação com a Netflix. O Ted Sarandos, a Cindy Holland, o Brian Wright e o Matt Thunell correram um risco enorme connosco e com a nossa série – e mudaram a nossa vida para sempre. Desde o nosso primeiro pitch até à estreia de Stranger Things 3, toda a equipa da Netflix foi nada menos que sensacional, e deu-nos o tipo de apoio, orientação e liberdade criativa com que sempre sonhámos. Mal podemos esperar para contar mais histórias juntos – começando, claro, com uma viagem de regresso a Hawkins!”

Stranger Things acumulou mais de 50 nomeações, incluindo Emmys, Golden Globes, Grammys, SAG, DGA, WGA, BAFTA, Art Directors Guild e People’s Choice Awards, entre outros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Poupança das famílias subiu no 2º trimestre

Deco pede medidas urgentes para travar crédito ao consumo

Elisa Ferreira, António Costa. Fotografia: Álvaro Isidoro/Global Imagens

Elisa Ferreira. Minas de lítio têm de “compensar impacto ambiental”

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira (E), e a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D). Fotografia: ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo deixa cair referencial geral para aumento de salários

Stranger Things terá 4ª temporada. Série ‘rainha’ da Netflix de volta em 2021