vinho

Vinho tinto deve guardar-se no frigorífico, especialistas defendem

Vinho português vende cada vez mais

Quebrando mais uma vez a crença, alguns tipos de vinho branco devem beber-se à temperatura ambiente e não frescos.

Se é um apreciador de vinho, em particular de vinho tinto, é provável que já o tenha colocado a aquecer ou à temperatura ambiente, para atingir a temperatura ideal antes de o consumir. Mas há especialistas que parecem querer acabar com o velho hábito.

Segundo o especialista em vinhos Jancis Robinson, editor da Oxford Companion to Wine – uma série de publicações da Oxford University Press – estamos a beber o vinho tinto à temperatura errada. O vinho tinto, defende Robinson, deve ser conservado no frigorífico, e beber-se frio, refere o jornal britânico Daily Mail.

Saiba ainda: Como provar um copo de vinho sem abrir a garrafa?

“As temperaturas baixas reduzem as reações químicas, incluindo a oxidação, que é o inimigo de uma garrafa já aberta”, explica o especialista. Além disso, pode durar mais tempo sem estragar. Jancis Robinson garante ainda que não há qualquer problema em guardar a garrafa de vinho tinto – e qualquer bebida – no frigorífico, depois de aberta.

Pelo contrário, e quebrando mais uma vez a crença, alguns tipos de vinho branco devem beber-se à temperatura ambiente, e não frescos. Jancis Robinson lembra que a temperatura muito baixa, no caso do vinho branco, pode alterar o sabor.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Um elemento da polícia conversa com um condutor durante o primeiro dia das cercas sanitárias para conter o surto da covid-19, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, Açores, 03 de abril de 2020. Na quinta-feira, o Governo dos Açores decidiu fixar cercas sanitárias nos seis concelhos da ilha de São Miguel, para fazer face à pandemia de covid-19 na região, medida que vai vigorar até 17 de abril. EDUARDO COSTA/LUSA

País “fecha” à meia-noite até dia 13. Circulação limitada e aeroportos fechados

mercearia gaia

Compras portuguesas de cereais estão seguras. Consumo já cai e volta ao bairro

autoeuropa coronavirus

Siza Vieira: Nem estado de emergência impede Autoeuropa de reabrir a 20 de abril

Vinho tinto deve guardar-se no frigorífico, especialistas defendem