Tecnologia

WhatsApp. Tenha cuidado com esta funcionalidade popular

DR
DR

A funcionalidade de apagar mensagens ou imagens tem conquistado um número crescente de utilizadores no WhatsApp. No entanto, há um pormenor na versão para iOS que precisa de ter em conta, para garantir que as suas imagens são mesmo eliminadas.

Enganou-se a enviar uma mensagem ou imagem e quer apagar esse conteúdo? Sem problemas, pelo menos para as versões mais recentes do serviço de mensagens. No entanto, há diferenças entre as versões Android e iOS – e é à versão de iOS que precisa de estar mais atento.

No Android, quando carrega em ‘eliminar para todos’, por defeito a imagem é apagada, mesmo que o utilizador tenha ativa a funcionalidade de guardar as imagens que recebe na galeria. Na versão iOS, um analista de segurança chamado Shitesh Sachan, citado pelo espanhol Cinco Dias, encontrou um pormenor que não cumpre com a função prometida.

Leia também | WhatsApp Web. Use estas dicas para ver mensagens “às escondidas”

Basicamente, mesmo que clique na opção eliminar mensagem, nos iPhone não é garantido que a fotografia seja eliminada do smartphone do recetor. Segundo o analista ouvido, se o recetor tiver ativa a opção de guardar as imagens recebidas no WhatsApp no rolo de câmara do iPhone, a imagem fica por lá, mesmo que clique em eliminar mensagem.

O investigador refere que se trata de um erro, mas pede aos utilizadores que tenham isto em conta sempre que eliminem mensagens que contenham imagens.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, durante a inauguração das Escadinhas da Saúde rolantes, ao Martim Moniz. Fotografia: Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens

Crescimento do turismo em 2019 é o mais baixo desde a última crise

Miguel Maya, presidente executivo do Millennium BCP.
JOÃO RELVAS/LUSA

Bancos ganharam mais de 5,2 milhões por dia

Miguel Maya, presidente executivo do Millennium BCP, durante a conferência de imprensa de apresentação dos resultados do 1.º trimestre de 2019, Lisboa, 9 de maio de 2019. JOÃO RELVAS/LUSA

BCP vai fazer uma proposta de distribuição de dividendos “muito conservadora”

WhatsApp. Tenha cuidado com esta funcionalidade popular