WhatsApp vai deixar de funcionar nestes modelos de telemóvel

O WhatsApp atualizou as definições de compatibilidade com os diferentes sistemas operativos. A partir de 2020, a aplicação deixará de funcionar em telefones com o sistema operativo da Microsoft.

É algo que o serviço de mensagens faz com frequência – terminar a compatibilidade com determinadas versões dos sistemas operativos, normalmente as mais antigas. Desta vez, o serviço de mensagens anunciou que só será possível usar o WhatsApp no Windows Phone até ao dia 31 de dezembro de 2019. E, ainda assim, algumas funcionalidades existentes podem não funcionar até esse dia, garante o WhatsApp.

Até aqui, é possível usar o WhatsApp na versão 8.1 do Windows Phone, lançada em abril de 2014. A partir do próximo ano, será o fim da utilização no sistema operativo móvel da Microsoft, mesmo para quem tenha a versão mais recente.

O sistema operativo móvel da Microsoft nunca chegou a atingir um grau elevado de popularidade, especialmente quando comparado com o domínio de mercado do Android.

O WhatsApp não é o único produto detido pelo Facebook que deixará de funcionar no Windows Phone. Recentemente foi também indicado que as aplicações do Facebook iriam deixar de funcionar para quem tivesse Windows Phone. Isto inclui toda a família de apps da empresa de Mark Zuckerberg: Messenger, Instagram e o Facebook. Até aqui, só o WhatsApp ficava de fora da lista de exclusões.

Leia também | Aplicações do Facebook vão deixar de funcionar no Windows Phone

O Windows Phone foi lançado a 21 de outubro de 2010. Quando a Microsoft adquiriu o negócio da Nokia, em 2013, foram justamente os smartphones desta marca a faceta mais visível do sistema operativo móvel da tecnológica norte-americana.

Além do Windows Phone, também as versões a partir do Android 2.3.7 e do iOS 7 vão deixar de ser compatíveis com o WhatsApp, a partir de 1 de fevereiro de 2020. Para quem não atualizar as versões de sistemas operativos mais obsoletas, não será possível criar ou reativar conta do WhatsApp, indica a nota partilhada no blog da empresa, que é regularmente atualizada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de