Tecnologia

Xiaomi já vende smartphones em caixas de venda automática

Xiaomi-Mi-Express-Kiosk-1-696x392

A nova aposta da Xiaomi para vender smartphones aposta na conveniência. Depois da abertura de lojas em várias localizações, a Xiaomi vai passar a vender telefones através de caixas de venda automática.

Por enquanto, só é possível comprar um smartphone nestas caixas na Índia, mais precisamente no Manyata Tech Park, em Bangalore. As máquinas chamam-se Mi Express Kiosk e vendem um pouco de tudo, dada a extensão do ecossistema de produtos da Xiaomi.

É possível encontrar o novo Redmi Note 7 Pro, por exemplo, mas também há auriculares, baterias portáteis, pulseiras de atividade e muito mais. As alternativas de pagamento também são variadas – é permitido recorrer a cartão, seja de crédito ou de débito, mas também é possível pagar em numerário.

Leia também | Os melhores produtos da Xiaomi que (ainda) não chegaram a Portugal

Como seria de esperar, todos os produtos são vendidos com as mesmas condições de compra, como se tivessem sido adquiridos numa loja física – incluindo a garantia do produto, caso seja preciso trocar, por exemplo.

Através do Twitter, Manu Kumar Jain, vice-presidente global da Xiaomi e representante da marca na Índia promete que esta não será a primeira máquina do género. A escolha da localização também não é inocente: a Índia é atualmente um dos mercados onde a Xiaomi tem visto as vendas crescer consideravelmente.

Mas não é só na Índia que isto acontece – a Xiaomi tem vindo a conquistar lugares na lista das marcas mais vendidas, inclusive na Europa. Em Espanha, por exemplo, a marca chinesa já conta também com lojas físicas oficiais, o que consolida a expansão da Xiaomi na Europa.

Veja mais sobre tecnologia em insider.dn.pt

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal  Fotografia: Orlando Almeida / Global Imagens

Mário Vaz. “Havendo frequências, em julho teríamos cidades 5G”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (C), durante a cerimónia militar do Instituto Pupilos do Exército (IPE), inserido nas comemorações do 108.º aniversário da instituição, em Lisboa, 23 de maio de 2019.  ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: “Quem não for votar, depois não venha dizer que se arrepende”

Certificados

Famílias investiram uma média de 3,3 milhões por dia em certificados este ano

Outros conteúdos GMG
Xiaomi já vende smartphones em caixas de venda automática