Sou sócio-gerente e neste momento não faturo nada. Posso suspender pagamentos à Segurança Social?

O Consultório Financeiro e Fiscal do Dinheiro Vivo conta com esclarecimentos prestados pela Globalwe.

Tem dúvidas sobre impostos, precisa de aconselhamento fiscal para melhor prever o futuro da sua empresa? Com a ajuda de quem melhor sabe, o Dinheiro Vivo responde a questões relacionadas com finanças e impostos no trabalho. Um novo consultório financeiro e fiscal, em parceria com a equipa de consultores da Globalwe. Envie o seu caso ou dúvida para editorial@dinheirovivo.pt

A minha empresa unipessoal não tem empregados: o único empregado sou eu enquanto sócio-gerente. A área a que me dedico são os transportes de passageiros, vulgo TVDE e animação turística (passeios em viatura automóvel), sendo que neste momento estou sem de faturar nada. Tenho recebido o apoio de um IAS da Segurança Social sendo que é com esse valor que pago à Segurança Social e aos fornecedores (TOC e comunicações), não sobrando praticamente nada. É possível suspender o pagamento à Segurança Social?

Sendo uma empresa, sem funcionários e em que apenas o sócio gerente é remunerado, os apoios em vigor, apenas contemplam as empresas que tenham funcionários a seu cargo.

Assim, e como os apoios à retoma da atividade estão constantemente a ser alterados, e atualizados, aconselhamos a aguardar por novas medidas de apoio, e que prontamente serão comunicadas.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de