Como a American Express está a promover Portugal... e a ganhar receita

"Experience Portugal" é a mensagem que a American Express está a promover em mais de vinte países através da sua rede até 15 de setembro.

Todos os anos a marca norte-americana elege um ou mais

países para promover junto da sua rede. Este ano, Portugal foi o único destino selecionado.

"O facto que a American

Express ter escolhido Portugal como destino preferencial é para nós motivo de

orgulho, e prova não só de uma oferta de turismo impar que o nosso país

hoje representa mas também da excelente aceitação que esta marca detém em

Portugal", afirmou a Rita Lourenço,

responsável pelos cartões e meios de pagamento no Millennium bcp, um dos dois

bancos emissores (juntamente com o até aqui BES) de cartões American

Express em Portugal.

Através de newsletters, rede de balcões a American

Express está a promover Portugal como destino, atingindo um mercado potencial

de 25 milhões de titulares de cartões, adiantou Luís Folhadela, diretor geral

da Amex Portugal. Potenciais interessados nas cerca de 400 ofertas

disponibilizadas pelas mais de 100 empresas com que a AmEx estabeleceu

parcerias.

"Temos

continuamente crescido o número de gastos de clientes American Express em

Portugal, desde a Primavera Árabe subiu em flecha. Portugal está na moda e a

AmEx assinalando esse crescimento escolheu o país como destino?, justifica Luís Folhadela.

"O

turismo inbound Amex (clientes estrangeiros não residentes), está muito focado

em Lisboa, Porto e Alentejo e tem crescido nos últimos dois anos", descreve o responsável da AmEx em

Portugal.

Os números sustentam essa análise. Em 2012 a faturação de

inbound cresceu 14% e o ano passado subiu 16%. O Porto, que representa 15% da

facturação global do inbound, foi onde mais cresceu: 20%. Segue-se Lisboa

(12%), Leiria (11%), Aveiro (8,2%), Funchal (7,4%), Setúbal (7.1%) e Faro (6%)

com o restante país a subir 0,4%.

Lisboa é de longe a zona que representa o maior volume de

facturação em termos de inbound (51%) - seguido de Porto (15%) e Faro (14%) - e muitos fixam-se na Av. da Liberdade.

São sobretudo britânicos (27%), seguidos por

norte-americanos (22%), franceses (8%), espanhóis, brasileiros e alemães (6%), os que mais visitam o país. Mais de 30% dos seus gastos são em hotelaria (31,3%) e

lojas (30,5%), seguem-se supermercados (13,2%), restaurantes (8,3%), agências

de viagens (6,9%) e gasolineiras (5,2%).

A esta promoção na rede AmEx em mercados como Reino Unido, Estados Unidos, África do Sul , Rússia ou Arábia Saudita - entre mais de 20 destinos - a American Express também produz diversos guias e roteiros bilíngues dando a conhecer as ofertas/promoções disponíveis para os detentores de cartões da marca: Lisboa, Algarve e Funchal foram das regiões com direito a roteiro.

Mais dirigido aos detentores de cartões American Express do mercado português a marca está ainda a realizar a ação Inspired by onde a marca pretende que "através de crowd-sourcing,

bloggers e leitores partilhem os lugares da sua eleição, as experiencias e as

inspirações que as cidades do Porto e de Lisboa permitem", diz Luís Folhadela.

Para isso a marca convidou os bloguers Maria Guedes do Stylista, Isabel Zibaia 'Laranjinha' Rafale de Cinco Quartos de Laranja, Sancha Trindade de A Cidade na Ponta dos Dedos, Ana Sofia de Universo da Ana Sofia e e a rede de corredores Correr Lisboa.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de