Cannes Lions 2018

Criativos no Mundo. Há mais Leões a rugir em português. E um novo GP

trash-isles-flag-hed-2017

Criativos no Mundo foram também vencedores no Cannes Lions. Festival internacional de publicidade termina no sábado

Há mais um Grand Prix com criatividade portuguesa a rugir no Cannes Lions. Depois de ver receber em Design o prémio máximo da categoria, Dalatando Almeida viu The Trash Isles receber o Grand Prix em Public Relations.

O diretor de arte na AMV BBDO em Londres não é o único Criativo no Mundo a ver o seu trabalho premiado no festival internacional de publicidade.

 

 

André Sousa Moreira, diretor de arte na Y&R Tapsa de Madrid, ganhou 1 Leão de Prata e 2 Leões de Bronze em Social Influencer, com a campanha Hungry Field, para a cadeia de hambúrgueres Goiko Grill.

“A ideia foi com um budget baixo conseguir una campanha com grande alcance. Decidimos então dirigir-nos a um grupo que passa grande parte do seu tempo na internet: o jovens gamers. Através de três dos melhores gamers de Espanha fizemos uma campanha de apenas 6 horas, donde os nossos jogadores fizeram promoções em tempo real com tiros nas paredes dos cenários dos jogos. Depois o resto dos jogadores e assistentes online só tinham de partilhar fotos dos códigos através do Twitter com o hashtag #goikohungryfield”, descreve André Sousa Moreira, em declarações ao Dinheiro Vivo.

A carregar player...

 

Na Leo Burnett de Chicago, o diretor criativo associado Luís Carlos Marques ganhou 2 Leões de Bronze em Outdoor e Entertainment tendo ainda visto chegar a finalista em Direct a campanha Specimens Monologues, criada para o Field Museum de Chicago.

 

Hugo Veiga, diretor criativo e cofundador da AKQA de São Paulo, também viu os júris das categorias de Entertainment reconhecer com 1 Leão de Prata a ação Stranger Broadcast. A campanha para o Netflix, promovendo a segunda temporada da série Stranger Things e que passou no canal SBT, foi ainda reconhecida com 1 Leão de Bronze em Media. Um projeto AKQA e VML + Bando e Punch.

A carregar player...

João Coutinho viu duas campanhas serem reconhecidas com Leão.

Cursing Parrots, um trabalho realizado para a Unicef ainda na época em que o Criativo no Mundo era group creative director da Grey de Nova Iorque, ganhou 1 Leão de Bronze em Film.

 

 

O agora diretor criativo executivo da Y&R Nova Iorque ganhou ainda 1 Leão de Prata em Outdoor para a campanha para os Jogos Paralímpicos.

 

 

João Espírito Santo, diretor criativo regional da Ogilvy & Mather África, ganhou 1 Leão de Bronze com Most Eligible Bachelor, para o Ol Pejeta Conservancy, na categoria Social. O trabalho, que já tinha sido premiado na edição do ano passado do Cannes Lions com 2 Leões de Bronze, garantiu ainda suas shortlist em Social e Sustainable Development.

 

 

(notícia atualizada com mais informação sobre Criativos no Mundo premiados no Cannes Lions 2018)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
: PÁGINAS : LIXO 08-09 NEGÓCIOS Eólicas + Opinião

Eólica vs. solar. Que energia dominará a Europa em 2030?

Turistas no Miradouro São Pedro de Alcântara, em Lisboa.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ourém recua, Guimarães pondera. São já 8 os municípios que cobram taxa turística

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve confiante numa estabilização do mercado britânico

Outros conteúdos GMG
Criativos no Mundo. Há mais Leões a rugir em português. E um novo GP