Cannes Lions 2018

Criativos no Mundo. Há mais Leões a rugir em português. E um novo GP

trash-isles-flag-hed-2017

Criativos no Mundo foram também vencedores no Cannes Lions. Festival internacional de publicidade termina no sábado

Há mais um Grand Prix com criatividade portuguesa a rugir no Cannes Lions. Depois de ver receber em Design o prémio máximo da categoria, Dalatando Almeida viu The Trash Isles receber o Grand Prix em Public Relations.

O diretor de arte na AMV BBDO em Londres não é o único Criativo no Mundo a ver o seu trabalho premiado no festival internacional de publicidade.

 

 

André Sousa Moreira, diretor de arte na Y&R Tapsa de Madrid, ganhou 1 Leão de Prata e 2 Leões de Bronze em Social Influencer, com a campanha Hungry Field, para a cadeia de hambúrgueres Goiko Grill.

“A ideia foi com um budget baixo conseguir una campanha com grande alcance. Decidimos então dirigir-nos a um grupo que passa grande parte do seu tempo na internet: o jovens gamers. Através de três dos melhores gamers de Espanha fizemos uma campanha de apenas 6 horas, donde os nossos jogadores fizeram promoções em tempo real com tiros nas paredes dos cenários dos jogos. Depois o resto dos jogadores e assistentes online só tinham de partilhar fotos dos códigos através do Twitter com o hashtag #goikohungryfield”, descreve André Sousa Moreira, em declarações ao Dinheiro Vivo.

A carregar player...

 

Na Leo Burnett de Chicago, o diretor criativo associado Luís Carlos Marques ganhou 2 Leões de Bronze em Outdoor e Entertainment tendo ainda visto chegar a finalista em Direct a campanha Specimens Monologues, criada para o Field Museum de Chicago.

 

Hugo Veiga, diretor criativo e cofundador da AKQA de São Paulo, também viu os júris das categorias de Entertainment reconhecer com 1 Leão de Prata a ação Stranger Broadcast. A campanha para o Netflix, promovendo a segunda temporada da série Stranger Things e que passou no canal SBT, foi ainda reconhecida com 1 Leão de Bronze em Media. Um projeto AKQA e VML + Bando e Punch.

A carregar player...

João Coutinho viu duas campanhas serem reconhecidas com Leão.

Cursing Parrots, um trabalho realizado para a Unicef ainda na época em que o Criativo no Mundo era group creative director da Grey de Nova Iorque, ganhou 1 Leão de Bronze em Film.

 

 

O agora diretor criativo executivo da Y&R Nova Iorque ganhou ainda 1 Leão de Prata em Outdoor para a campanha para os Jogos Paralímpicos.

 

 

João Espírito Santo, diretor criativo regional da Ogilvy & Mather África, ganhou 1 Leão de Bronze com Most Eligible Bachelor, para o Ol Pejeta Conservancy, na categoria Social. O trabalho, que já tinha sido premiado na edição do ano passado do Cannes Lions com 2 Leões de Bronze, garantiu ainda suas shortlist em Social e Sustainable Development.

 

 

(notícia atualizada com mais informação sobre Criativos no Mundo premiados no Cannes Lions 2018)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Euronext Lisboa. Fotografia: Global Imagens

Menos de metade das cotadas entregaram planos para igualdade

Euronext Lisboa. Fotografia: Global Imagens

Menos de metade das cotadas entregaram planos para igualdade

Combustíveis

Petróleo sobe em flecha. “Não haverá impacto perturbador nas nossas algibeiras”

Outros conteúdos GMG
Criativos no Mundo. Há mais Leões a rugir em português. E um novo GP