audiências

Dinheiro Vivo é pela primeira vez líder dos económicos no digital

dinheiro-vivo-1060x594-1546598179

Novas apostas editoriais levam à liderança das audiências dos sites de informação económica.

Pela primeira vez, o Dinheiro Vivo assumiu a liderança no digital da informação económica, consolidando a tendência crescente de audiência desde o início do ano. Em março, segundo dados auditados do ranking netAudience, da Marktest, a marca do Global Media Group – dono do Diário de Notícias, TSF e Jornal de Notícias, entre outros títulos – alcançou uma audiência multiplataforma de 1,13 milhões de pessoas. Abaixo ficou o Jornal de Negócios, com uma diferença de cerca de oito mil utilizadores a menos do que o DV.

netaudience

Além do noticiário diário de atualidade, o Dinheiro Vivo tem apostado em diversificar os seus conteúdos. Exemplo disso é a série de reportagens em vídeo Dinheiro Vivo – Made in Portugal, que já vai no 12º episódio onde são contados na primeira pessoa os casos de sucesso de empresas nacionais de renome.

Outro exemplo é a rubrica semanal Pergunte ao Advogado, com especialistas a responder a perguntas dos leitores através da lei. Questões laborais, de impostos e dos direitos em geral dos cidadãos no plano económico merecem aqui um destaque especial.

Mas há mais exemplos de conteúdos em vídeo, bem diferentes e focados na diversidade. Um deles é o Xarope Emocional, um programa em parceria com Raul de Orofino, que combina o teatro-empresa com conselhos de liderança, gestão das emoções, resiliência, retenção de talento, gap geracional, humor e motivação na empresa, entre muitos outros temas. O outro é a rubrica Palavra de Coach, onde Aida Chamiça, coach de executivos e presidente da International Coach Federation (ICF) Portugal, mostra-lhe como ganhar controlo sobre o seu percurso laboral.

A forte aposta de conteúdos diários em vídeo Dinheiro Vivo TV é um dos compromissos que assumimos com os nossos leitores e que muito tem contribuído para o crescimento da audiência.

Os conteúdos de tecnologia, com destaque para reportagens em gigantes tecnológicos como Facebook, Google e Microsoft, são parte também de uma aposta editorial que leva ao nosso leitor muito mais informação do que o conteúdo noticioso económico diário. A transformação digital e as novas profissões tecnológicas, a inteligência artificial e o machine learning, o ensino da programação e das novas tecnologias desde o ensino básico até à formação universitária, as novas ferramentas digitais para gestores e as grandes mudanças no chamado chão de fábrica. Estes são apenas alguns dos temas que merecem destaque constante.

Desde sempre, e com uma aposta cada vez mais forte, o Dinheiro Vivo assume também o seu ADN informativo dos Fazedores, no universo das startups. A inovação é um dos grandes motores da economia e, como não podia deixar de ser, o Dinheiro Vivo mostra a ‘revolução’ empresarial do País e, muitas vezes, compara-a com o que se faz lá fora, visitando países com uma forte aposta no tecido empresarial jovem.

Estas e outras apostas constantes não são apenas visíveis todos os dias, 24 horas por dia, 365 dias por ano, no digital e nas redes sociais. Os leitores já se habituaram a ler o Dinheiro Vivo com o seu Diário de Notícias e Jornal de Notícias e a ouvir associado à TSF, em espaços de entrevistas semanais como A Vida do Dinheiro.

As audiências do Global Media Group

Em março, ainda segundo dados auditados do ranking netAudience, da Marktest, o Global Media Group (GMG) manteve a liderança dos Publishers, com um reach de 3,58 milhões. A Cofina, em segundo lugar, acumulou 3,42 milhões e, a Media Capital, em terceiro, 3,3 milhões.

No ranking dos sites, o Jornal de Notícias ocupa a segunda posição, tocando 2,37 milhões de pessoas, ficando abaixo apenas do Correio da Manhã. O Diário de Notícias está em sexto, com 1,75 milhões. E O Jogo em 12.º, com 1,2 milhões. A TSF somou 980 mil utilizadores.

O site feminino Delas conta com 484 mil utilizadores e o site de automóveis e mobilidade Motor24 com 506 mil. Já a Women’s Health e a Mens’s Health fecharam março com 83 mil e com 235 mil, respetivamente. A N-TV teve um reach de 319 mil indivíduos, a Evasões 285 mil, a Volta ao Mundo 320 mil e a Notícias Magazine 297 mil. A Plataformamedia e o V-Digital alcançaram 154 mil e 116 mil utilizadores, respetivamente.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
ExpoDubai2020 2

Uma smart city no meio do deserto. Bem-vindos aos bastidores da Expo Dubai 2020

ExpoDubai2020 2

Uma smart city no meio do deserto. Bem-vindos aos bastidores da Expo Dubai 2020

Lisboa-13/11/2019  - Lic’nio Pina (Presidente do CrŽdito Agr’cola Mœtuo), convidado da entrevista A Vida do Dinheiro.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Licínio Pina: “Os bancos têm abusado um bocadinho, há comissões para tudo”

Outros conteúdos GMG
Dinheiro Vivo é pela primeira vez líder dos económicos no digital