media

Dinheiro Vivo há quatro meses líder digital dos económicos

Teste - Redação DV

Junho marca o quarto mês consecutivo de liderança. Mas a grande novidade deste mês no ranking é a entrada da Rede Nónio.

Já são quatro meses consecutivos de liderança digital do Dinheiro Vivo no segmento da informação económica. No mês de junho, segundo revela o ranking netAudience, da Marktest, a marca do Global Media Group (GMG) – dono de títulos como o Diário de Notícias, Jornal de Notícias e TSF, entre outros – alcançou uma audiência multiplataforma de 991 mil de utilizadores únicos em Portugal, ficando acima do seu concorrente mais direto, o Jornal de Negócios, que chegou a 986 mil indivíduos. Fora do ranking estão o Jornal Económico e o ECO.

A liderança do Dinheiro Vivo serviu de mote para ouvirmos testemunhos de decisores acerca da liderança. Pode ver os vídeos em A Arte de Liderar.

netaudience junho

Tabela netAudience com os números de audiências auditados

O Dinheiro Vivo é o mais lido entre os títulos económicos, quer no digital quer em formato de papel. Dados da 1ª vaga de 2019 do Bareme Imprensa, estudo de audiências da Marktest, revelam que o suplemento de economia que chega às bancas ao sábado com o DN e o JN mantém cerca de 295 mil leitores semanais, uma audiência que ultrapassa em mais de 90 mil o caderno de economia do Expresso e que é perto do dobro das do Negócios e do Jornal Económico.

Site do DV na liderança desde março

Pela primeira vez, em março, o Dinheiro Vivo assumiu a liderança do ranking. O site alcançou uma audiência multiplataforma de 1,13 milhões de pessoas, somando mais cerca de oito mil utilizadores do que o principal concorrente. Já em abril, o site do Dinheiro Vivo ultrapassou a barreira dos 1,3 milhões de visitantes únicos, batendo o recorde dos económicos, nesta série de resultados mensais medidos a partir de agosto último. Em maio chegou a 1,25 milhões de utilizadores únicos em Portugal.

Segundo explica a Marktest, “a partir de agosto, ocorreu uma quebra de série temporal nos indicadores de audiência do netAudience, resultante de uma evolução metodológica global, sendo que essa alteração afeta a comparabilidade com dados anteriores, dando início a uma nova série temporal”.

Estreia da Rede Nónio no ranking

Em junho, pela primeira vez, o ranking netAudience de redes inclui o Nónio, que é a plataforma tecnológica criada pela grande maioria dos grupos de comunicação social portugueses (Cofina, Global Media, Impresa, Media Capital, Público e Renascença), onde se inclui o Dinheiro Vivo. A rede Nónio soma um reach multiplataforma de 4.822.078 indivíduos em Portugal.

Entre os grupos de media, o GMG mantém a liderança (3.592.117 indivíduos), segue-se a Media Capital (3.498.286), dona da TVI e Rádio Comercial, e depois a Cofina (3,246.817), dona do Correio da Manhã e do Jornal de Negócios, entre outros, e a Impresa (2.952.434), com títulos no seu portfólio como o Expresso e SIC.

Títulos do GMG no ranking

O Jornal de Notícias alcançou um reach de 2,52 milhões de indivíduos, estando à frente do Correio da Manhã, com 2,29 milhões, mas atrás do Público (2,54 milhões) e da TVI (2,67 milhões), que lidera.

O Diário de Notícias teve um alcance de 1,75 milhões de indivíduos. O Jogo alcançou 1,33 milhões. A TSF teve um reach de 1,12 milhões. Veja abaixo as audiências de todos os títulos do GMG.

GMG
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Dinheiro Vivo há quatro meses líder digital dos económicos